O que manter, ajustar e melhorar nos Patriots

Mais um quarto da temporada regular da NFL se passou, e novos problemas em setores apareceram para darem dor de cabeça a Bill Belichick. Veja o que se pode manter, melhorar e ajustar neste Patriots de hoje.

O que manter, melhorar e ajustar nos Patriots

Manter:

Tight End:

Está certo que a produção de Martellus Bennett caiu, porém, isso deve-se a lesão que ele sofreu, não conseguindo estar 100% nos últimos jogos. Já Gronkowski está na sua melhor forma do ano. Rob bateu o recorde de mais touchdowns recebidos na história dos Patriots, e seu entrosamento com Tom Brady continua impecável.

Running Back:

LeGarrette Blount é o quinto running back da liga com mais jardas e empatado em primeiro com mais touchdowns corridos. Não podemos pedir muito mais dele. James White também está jogando bem, principalmente, recebendo passes no backifield e na redzone. White tem três touchdowns nos últimos dois jogos. Para melhorar, Dion Lewis poderá voltar a jogar já contra o Seattle Seahawks.

Ajustar:

Wide Receiver:

Com a volta de Tom Brady, os recebedores dos Patriots apareceram mais nos jogos. Chris Hogan vem sendo um ótimo alvo para big plays, Edelman continua eficiente no slot. Já Amendola e Mitchell precisam aparecer mais. Com os dois envolvidos na partida, Brady terá mais opções confiáveis para lançar o passe.

Offensive Line:

O setor dos OLs deu uma leve piorada, mas nada que nos lembre da temporada passada. Cannon vem tendo um ano inacreditável e Thuney se mostrando muito importante contra o passe e corrida. Shaq Mason precisa dar mais segurança contra o passe, pois caso contrário Tre’ Jackson, que está voltando de lesão, poderá pegar sua vaga. Snaps altos de David Andrews e excessivas faltas também precisam de um ajuste.

Defensive Back:

Se o setor só agregasse os safeties, ele estaria na parte de “manter”, pois Devin McCourty e Patrick Chung estão fazendo uma ótima temporada, como de costume. Malcolm Butler vem jogando como CB Pro-Bowler mas seus parceiros não. A indefinição de quem é o CB 2 dos Patriots é evidente. Cada hora um entra, e nenhum mostra eficiência para assumir o posto. Logan Ryan, Eric Rowe, Justin Coleman e Cyrus Jones disputam a posição.

Special Teams:

Stephen Gostkowski vem melhorando gradativamente, contudo, ainda não transmite uma confiança máxima. As coberturas para e contra o retorno de kickoff/punt melhoraram. Ryan Allen teve alguns punts irregulares que precisam de um pequeno ajuste, nada a se preocupar.

Melhorar:

Linebacker:

A defesa contra o jogo corrido e passe deram uma piorada, e agora sem Jamie Collins a tendência é o nível cair mais ainda. A pressão no quarterback vinda de Dont’a Hightower é uma opção que deverá ser mais utilizada, assim como mais alinhamento de Barkevious Mingo no lugar de Shea McClellin, que não vem produzindo.

Defensive Line:

É simples: sem pressão no quarterback adversário nossas chances de vencer o Super Bowl caem bruscamente. Sheard e Long sumiram nos últimos jogos, e Ninkovich vem atuando como LB. Talvez dar mais oportunidades a Trey Flowers seja um caminho a seguir.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Este post tem 3 comentários

  1. Melhorar o pass rush e a OL com certeza. Enquanto os QBs adversários tem todo o tempo do mundo para lançar, Brady se não tivesse um release super rápido já estaria lesionado faz tempo.

  2. Para uma escolha de primeira rodada, Cyrus Jones vem decepcionando.

    Mas a facada no peito foi a perda de Chandler Jones para o Arizona, e agora o Collins. Fiquei um pouco preocupado.

    1. Cyrus foi escolhido na 2a rodada, mas sim, esperávamos um desempenho dele, pq até agora ele fez nada.
      A saída de Chandler Jones era esperada, mas Collins não, essa foi surpresa pra todos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.