Newton e Belichick falam após o final da temporada 2020

Cam Newton Bill Belichick New England Patriots

Hora de vermos o que de principal foi falado por Belichick e Cam Newton nas entrevistas após a vitória contra os Jets na última partida da temporada.

Bill Belichick – Head Coach

A entrevista começou com um diálogo entre Belichick e um jornalista sobre a informação que saiu antes da partida sobre Newton e os Patriots não continuarem juntos na próxima temporada.

Jornalista: Existiu uma informação na ESPN hoje sobre você e Cam Newton, que estariam seguindo caminhos diferentes nesta off-season. Podemos entender que esse foi o último jogo de Cam?
Belichick: Foi de outro jornalista anônimo?
Jornalista: Foi o Adam Schefter que falou.
Belichick: Eu não acho que o Adam falou isso. Você deveria falar com o Adam.

Sobre Jakobi Meyers lançar passes nos jogos.

Ele sempre foi capaz de fazer passes. Julian também consegue. Caras que jogaram como quarterback antes, eles lançam no treino e você percebe… é uma oportunidade de usar esses jogadores.

Sobre a evolução de Sony Michel no jogo de passe.

Eu acho que o Sony evoluiu mais esse ano do que no seu ano de novato. Ele trabalha sério no jogo de passe. Felizmente fomos capazes de entregar-lo a bola com espaço em algumas vezes. Passes que dão aos backs oportunidade de correr após a recepção, são boas oportunidades. Sei que eles gostam desse tipo de jogada pois conseguem ver os marcadores e correr com mais espaço.

Sobre a energia mostrada por Winovich no jogo.

Ele jogou bem, como sempre faz. Trouxe pressão por dentro ao quarterback. Com Josh Uche, Chase evoluiu, Rashod Berry evoluiu também. No geral tivemos uma boa pressão, forçamos o QB a sair do pocket algumas vezes, derrubamos algumas outras, criamos situações de bastante jardas.

Chase joga sério sempre. Normalmente joga as quatro fases do jogo de chutes. Ele é um garoto que tem muita versatilidade. Com certeza o pass-rush é uma delas.

Sobre o exemplo de Newton e alguns jogadores para os jogadores novos.

Eu posso dizer que temos cerca de 20 jogadores nesse time, Devin McCourty, Jason McCourty, Lawrence Guy Joe Thuney, David Andrews, James White, Matt Slater esses de cabeça, que estão aqui por mais de uma década ou perto disso e eles vão para as reuniões, para os aquecimentos e simulações como se fossem novatos. Com atenção, tentando entender as coisas, fazendo perguntas. Depois de 13 anos, 10, 5 não importa continuam com sede de aprender e evoluir. Nós temos tantos jogadores que se preparam dessa forma. Isso é uma inspiração para nós treinadores também.

Qualquer jogador que não está acostumado com isso, que não teve esse tipo de atitude por perto, podem aprender com isso.

É isso que jogadores profissionais fazem, eles não tiram dias de folga, não perdem oportunidades em se preparar, estudar e estarem prontos.

Cam Newton – Quarterback

Sobre a performance na partida com 3 touchdowns e 1 recebendo.

Não acho que isso foi mais importante para mim do que para o time todo. Nós queríamos começar o ano numa ótima forma, nós sabíamos que precisávamos disso, sabíamos que podíamos fazer então…

Sobre jogar em New England na próxima temporada.

Ouça, eu tenho minhas vontades. Eu sei onde meu coração está. Eu sei quem eu sou. Além disso, eu não posso falar agora. Mas meu tempo aqui em New England tem sido abençoado. Eu aprendi muito sobre mim mesmo, sobre ótimos companheiros de time, treinadores inacreditáveis. Vamos ver como vai ser.

Sobre ter lançado o primeiro TD da carreira de Asiasi.

Primeira coisa, ele ainda é jovem. Crescimento foi parte desta temporada. Para ele, ir para a off-season com um jogo como esse é um ótimo passo. Ele precisa continuar fazendo ótimas recepções como fez e vai continuar fazendo. Ele é muito talentoso. Mostra isso nos treinos, é ótimo ver isso nos jogos.

Sobre a alegria mostrada em campo por Cam.

Não existe nada nem ninguém que vai me tirar do humor que estava. Não sei, tem algo em mim que adora o ano novo. Acho que deveria ter feito mais disso esse ano, não acha?

Sobre uma retrospectiva de como foi a temporada.

Acho que uma das coisas mais importantes para mim, é pequena, mas é importante para mim, foi ter terminado saudável. E isso é frustrante pois estava bem e não consegui chegar nos resultados que eu esperava. Meu ombro aguentou, meu pé aguentou, minha mente aguentou. Tenho algumas escoriações aqui e ali, mas quem não tem isso na NFL?

Sobre Belichick falar da liderança de Cam.

Eu já respeitava ele antes de conhecê-lo. Respeito ainda mais agora, não pelas palavras sobre mim, mas por estar perto dele. O cara é o conhecimento ambulante. Eu sempre quero aprender, quero falar sobre os velhos tempos dele. Ele é um professor incrível ensinando football. Não existe dúvidas do motivo deles terem tido tanto sucesso nos últimos 10 anos. Ele é um mestre em se atentar aos detalhes.

Sobre o que ser o quarterback titular dos Patriots significa para ele.

Bom, não posso dizer que tive a experiencia completa pois não tivemos torcida. Já joguei aqui com outros times e vi como é. Eu queria ter presenciado isso. Sei que teria sido legal. Eu sendo um cara emocional, acho que teria feito um efeito em mim, quem sabe como teria sido…

Como ele quer ser lembrado pelos fãs.

2020 foi um ano estranho cara. Para mim, meu legado é tudo o que tenho. Eu cheguei com a mentalidade de melhorar todo dia, de impactar vidas de uma forma boa e ser aberto para mudanças. Não querendo desrespeitar sua pergunta ou os fãs, mas meu foco principal foi de impactar o vestiário o melhor que pudesse. Eu tentei. Essa é a única coisa que posso dizer.

Acompanhe as notícias dos Patriots seguindo o Patriotas no twitter.

Vote nos melhores e piores da temporada no Patriotas Awards.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.