O principal adversário de New England em 2019 é… ele mesmo

new england

Incrivelmente, o time do New England Patriots de 2019 é superior ao de 2018, que conquistou a divisão, conferência e o Super Bowl.

Para se ter uma noção, embora a defesa dos Pats só tenha cedido 3 pontos na finalíssima da temporada, contra um dos melhores ataques da liga, mesmo assim a atual é nitidamente melhor. E Tom Brady, apesar de um ano mais velho, começou voando e num nível acima do que apresentou em 2018.

Dessa forma, hoje, nenhuma outra equipe da NFL é páreo para os Patriots. Nem mesmo o Kansas City Chiefs, que embora conte com um quarterback simplesmente sensacional, ainda sofre com seu sistema defensivo. Entretanto, como nada é perfeito, New England possui, sim, um grande obstáculo para vencer seu segundo Super Bowl seguido: conseguir manter o time saudável.

O início de temporada dos Patriots está relembrando o drama vivido em 2015, quando as lesões mataram a chance de título da equipe. Naquela ocasião, basicamente a cada semana uma peça importante se contundia. Ao todo, contando da lesão mais simples que não fez perder sequer um jogo até a mais grave que colocou na injured reserve, e da offseason até o fim da temporada regular, 54 jogadores dos Patriots se contundiram, ou seja, um elenco completo!

Entre os jogadores que foram postos na IR em 2015, podemos destacar o LT Nate Solder e o FB James Develin, ambos titulares absolutos de suas respectivas posições. Coincidência ou não, os Patriots de 2019 se deparam na mesma situação. Contudo, enquanto o fullback continua sendo Develin, o protetor do lado cego de Tom Brady é Isaiah Wynn. A ausência desses dois talvez acarrete o mesmo problema que New England sofreu há quatro anos: a deficiência do jogo corrido, que sem o camisa 46 foi um desastre, além da proteção ao passe. Na partida contra os Jets, já tivemos uma prévia do que pode vir pela frente.

Instagram Fã Clube Patriotas

No entanto, é preciso fazer uma ressalva: diferentemente de em 2015, essas peças ainda podem retornar no decorrer do ano, caso estejam recuperadas. Wynn estará elegível para voltar na semana 11, e Develin na seguinte. Além deles, o WR N’Keal Harry, escolha de primeira rodada, poderá fazer sua estreia na semana 9. Todavia, é preciso relembrar que dos três, os Pats poderão escolher apenas dois para voltar.

Ademais, os Patriots poderão contar com o reforço do WR Cameron Meredith, que está na PUP List, e do OT Yodny Cajuste, presente na NFI List, a partir da semana 9. Sendo assim, New England tem chance de ganhar uma reabastecida na segunda metade da temporada, mas não pode se esquecer de dar um banho de sal grosso nos jogadores para ninguém mais se machucar, caso contrário, o fantasma de 2015 deve voltar a assombrar..

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.