Observações e destaques do terceiro dia do NFL Combine 2020

No terceiro dia de Combine 2020, tivemos os testes físicos de linebackers e defensive linemen, confira os principais destaques a seguir.

Lembrando que, trouxemos aqui (QBs, WRs e TEs) e aqui (RBs, OLs e STs) os destaques dos dois primeiros dias.

Combine 2020 – Linebackers

Se você está acompanhando algo deste combine, com certeza esse nome é o mais familiar do terceiro dia: Isaiah Simmons, LB de Clemson. Definido por alguns repórteres como linebacker e alien (rs), o jogador de 1,93m e 104 kg grudou em si todos os holofotes nos testes físicos.

Simmons participou apenas da corrida e dos saltos, tendo sido o primeiro jogador de sua posição, desde 2003, a conseguir uma boa marca no salto vertical (38 inches / 99,06cm), no salto em distância (11-foot / 3,36m) e a marca de 4,39s na corrida de 40 jardas.

Para se ter uma noção, Simmons foi mais rápido do que os RBs Saquon Barkley (4,40s) e Christian McCaffrey (4,48s) quando em seus combines.

Outro LB de destaque foi Willie Gay Jr, de Mississippi State. Fez a corrida de 40 jardas em 4,46s, bateu o recorde do salto em distância (11-4 foot / 3,47m) e teve um excelente footwork nos drills.

Também se destacou Shaun Bradley, LB de Temple, com 4,51s na corrida de 40 jardas, o ILB foi outro jogador que impressionou nos drills com seu footwork, muito pela fluidez de seus movimentos. É um bom jogador para a equipe que procura velocidade no meio de sua defesa.

Combine 2020 – Defensive linemen

Este grupo, que contou com a ausência do DE mais cotado do Draft, Chase Young de Ohio State, e de Javon Kinlaw, DT de South Carolina, este segundo por lesão, teve também os altos e baixos.

Primeiramente, DaVon Hamilton, DT de Ohio State, mostrou fluidez e habilidade em seus movimentos nos drills, apesar dos 5,14s na corrida de 40 jardas, teve 33 repetições no supino e saltou para 79,43cm na vertical.

Também merece destaque o DT Neville Gallimore de Oklahoma. Não impressionou nas 40 jardas em 4,79s, contudo, foi bem nos drills, mostrando uma potente força nos bloqueios, além de ter se mostrado flexível, apesar de ter derrapado algumas vezes no footwork.

Em contrapartida, parece que alguns DLs deixaram a desejar e não cumpriram expectativas.

Trevor Hill, edge rusher de Miami, desapontou no seu atleticismo. Era um prospecto que se imaginava sair nas 100 primeiras posições e os seus testes físicos podem ter indicado que talvez ele fique para trás.

Semelhantemente e, talvez a maior decepção, temos A.J. Epenesa, DE de Iwoa. Com 5,04s na corrida de 40 jardas, Epenesa deixou muito a desejar em seu atleticismo e não foi bem nos drills, não mostrando agilidade com suas mãos e tendo sofrido um escorregão no trabalho com os três cones.

Apesar de alguns desapontamentos, é importante ressaltar que a classe de DLs do Draft 2020 promete ser tão boa quanto a de 2019. Ainda que a diferença de velocidade entre as classes seja grande, pois em 2020 nenhum DL correu em menos de 4,6s, os jogadores deste ano são maiores e mais fortes.

Confira aqui alguns números da noite de ontem.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.