OL dos Pats enfrenta sua maior adversidade desde 2015

Se no futebol todo grande time começa com um ótimo goleiro, na NFL toda grande equipe começa com uma ótima linha ofensiva, e assim tem sido com a OL dos Pats nas últimas três temporadas, principalmente em 2018, quando Tom Brady foi o terceiro quarterback menos sackado de toda a liga.

Entretanto, o enredo desse ano não deve ser de tanto sucesso como o da temporada passada, devido às baixas que a unidade vem sofrendo desde a offseason. Já em maio, aqui no Patriotas, alertamos que, por falta de profundidade na posição de tackle, os titulares Isaiah Wynn e Marcus Cannon precisariam bloquear também as lesões. Porém, somente com duas partidas disputadas, já vimos que isso não será tão fácil assim.

Contra os Steelers, Cannon contundiu o ombro e perdeu o confronto seguinte diante dos Dolphins, assim, sua presença no jogo contra os Jets ainda não está confirmada. Na outra ponta da linha, os Pats viram o jovem Wynn lesionar o dedo do pé logo no primeiro quarto contra Miami, e apesar de não ser uma contusão que irá o tirar do restante da temporada, Isaiah foi posto na Injured Reserve, dessa forma, perderá as próximas oito semanas e só poderá retornar contra o Philadelphia Eagles, no dia 17 de novembro.

Como se não bastassem os problemas nas extremidades, New England perdeu seu capitão e center titular David Andrews para a temporada devido a coágulos sanguíneos no pulmão. Com isso, dos titulares da OL no Super Bowl LIII, apenas Shaq Mason e Joe Thuney estão saudáveis.

Fã Clube Oficial Patriotas reconhecido nos Estados Unidos pela New England Patriots

Essas adversidades no setor fizeram os Patriots irem atrás de diversos jogadores novos. Em menos de um mês, o time efetuou três trocas por atletas da posição (Jermaine Eluemunor, Korey Cunningham e Russell Bodine), além de contratar mais dois free agents (Marshall Newhouse e Caleb Benenoch). O veterano Newhouse, inclusive, assinou com os Patriots na quarta-feira (11) e no domingo (15) já estava jogando como titular. Ou seja, a comissão técnica não está se sentindo confortável com as peças que tem.

A situação atual nos faz lembrar da temporada 2015, que foi a última vez que New England teve problemas significantes na linha ofensiva. Neste ano, os Pats perderam seu LT titular Nate Solder e o RG Ryan Wendell, o que fez o time jogar com 39 combinações de OL diferentes no decorrer da temporada. O resultado disso foi uma das piores, se não a pior, atuação da história da linha ofensiva dos Patriots, na Final da AFC, contra o Denver Broncos, quando Tom Brady sofreu um total de 17 hits e 4 sacks, sendo atormentado por Von Miller.

Todavia, é importantíssimo ressaltar que naquela época Dante Scarnecchia não era o técnico da OL, o que traz uma diferença e tanto, pois jamais pode-se duvidar desse lendário coach. Destarte, apesar de o fantasma de 2015 estar querendo assombrar novamente, os Patriots estão mais preparados para ele devido à presença de Scar.

Para o decorrer da temporada, além de obviamente torcer para mais nenhum jogador da posição se lesionar e Isaiah Wynn conseguir se recuperar bem, New England poderá ter o reforço do calouro OT Yodny Cajuste, que está na NFI List, a partir da semana 8. Contudo, Cajuste sequer já treinou como profissional, então dificilmente conseguirá ter um impacto imediato na OL dos Pats.


Siga o Patriotas no Instagram!

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Este post tem 3 comentários

  1. Esse Wynn já veio bichado, não é possível, uma lesão atrás da outra. Sem uma boa OL é o fim de Brady. Basta ver Big Ben, Brees…

  2. Custava da uma oportunidade ao Durval Queiroz ( Duzão) . Sei que ele é defensor, mas vi em alguns videos atuandona OL e o Duzão se saiu muito bem . Brasil e imenso em talentos … preconceito que tira oportunidade!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.