Os 2nd rounders de Bill Belichick

Bill Belichick ficou muito conhecido por achar grandes jogadores fora do primeiro round. Porém não é sempre que ele escolhe uma estrela como Gronkowski e Jamie Collins.

Os 2nd rounders de Bill Belichick

Bill Belichick colocou Cyrus Jones na reserva pelo segundo jogo consecutivo. O cornerback escolhido na segunda rodada do último draft não foi o único 2nd rounder colocado na reserva nos últimos anos, o safety Jordan Richards, escolha de segunda rodada de 2015, também foi colocado na mesma situação.

Levando em conta que Garoppolo não jogará tão cedo, Jamie Collins será a única escolha de segundo round, desde Gronk, a jogar esta semana.

Os 2nd rounders dos Patriots desde 2010 (ano da escolha de Gronk) são:

2016- Cyrus Jones: jogou os primeiros jogos da temporada e foi colocado na reserva no último jogo.

2015- Jordan Richards: com 20 jogos pelos Patriots não jogou nenhum snap até agora na temporada.

2014- Garoppolo: o talvez futuro quarterback titular dos Pats mostrou qualidade nos primeiros jogos e possível evolução para se tornar um titular na NFL.

2013- Jamie Collins: uma das estrelas de nossa defesa, já é considerado um dos melhores da liga.

Aaron Dobson: escolhido para ser titular num futuro próximo, foi dispensado este ano.

2012- Tavon Wilson: com muitas oportunidades em seus primeiros anos de time, teve uma boa temporada em 2012 mas decaiu e foi embora ao fim da última temporada.

2011- Shane Vereen: grande jogador de esquema para os Pats durante 4 temporadas foi importantíssimo recebendo a bola durante o caminho para o Super Bowl. Após o título foi para os Giants.

Ras-I Dowling: escolhido no mesmo draft para a secundária jogou apenas 12 jogos desde sua escolha com snaps em apenas 2.

De todos jogadores de segunda rodada escolhidos pelos Patriots, desde o ínico da era Belichick-Brady, veremos quem se tornou estrela, bust ou jogador de esquema.

Estrelas de segundo round

2001: OT Matt Light, 2007 1st Team All Pro.

2002: WR Deion Branch, Super Bowl XXXIX MVP.

2009: OT Sebastian Vollmer, 2010 2nd Team All Pro.

2010: TE Rob Gronkowski, 3x 1st Team All Pro.

2013: LB Jamie Collins, 2015 2nd Team All Pro.

O que todos nós torcedores gostaríamos de ver. Achados de 2nd round não acontecem todo ano e os Pats geralmente não deixam esses jogadores irem embora muito cedo. Apenas Branch saiu dos Patriots por uma escolha de primeira rodada, com a qual os trouxemos o S Brandon Meriweather.

Jamie Collins no draft de 2013
Jamie Collins no draft de 2013

Jogadores de esquema

2003: DB Eugene Wilson

2009: S Patrick Chung

2010: LB Brandon Spikes

2011: RB Shane Vereen

Os jogadores que Bill Belichick ama. Vereen é o maior exemplo, running back que não é tão bom correndo com a bola, se tornou muito importante para o ataque dos Pats. Os outros três eram/são importantíssimos para nossa defesa, sendo Chung ativo até hoje.

Os busts

2000: OL Adrian Klemm

2003: WR Bethel Johnson

2004: DT Marquise Hill

2006: WR Chad Jackson

2008: CB Terrence Wheatley

2009: DT Ron Brace, CB Darius Butler

2010: ED Jermaine Cunningham

2011: CB Ras-I Dowling

2012: S Tavon Wilson

2013: WR Aaron Dobson

Muitas vezes é esperado que ocorra um grande bust nas escolhas de segunda rodada. Os Pats ficaram conhecidos por seu sucesso, porém as vezes os jogadores não rendem e uma escolha relativamente alta é gasta.

De 2002 (Branch)  para cá, nos anos em que os Pats não tiveram 2 escolhas, as únicas escolhas que não se tornaram busts foram a de 2007, quando os Patriots trocaram-na por Welker e 2005, quando trocamos para subir no draft e escolher outro bust, Chad Jackson.

Mesmo com esse histórico de algumas estrelas achadas na segunda rodada, os Patriots possuem uma média de bust horrível em relação ao resto da NFL. A maioria dos times da NFL espera que um terço de suas escolhas se tornem busts, já os Patriots tem uma média de quase 50% neste quesito, e esse número pode aumentar a não ser que Richards comece a contribuir para a defesa.

O insucesso das escolhas de segundo round dos Pats pode ser explicado por uma política de escolha totalmente diferente utilizada por Belichick no primeiro round e no segundo. Enquanto no primeiro round o técnico dos Patriots busca por jogadores com poucas perguntas a serem respondidas sobre a carreira, no segundo round ele busca por jogadores com incognitas e um talento em potencial.

Em algumas oportunidades todas essas perguntas são respondidas e o jogador acaba se tornando uma estrela, porém não será sempre que isso vai acontecer. O que vem acontecendo nos últimos anos não deveria ser o normal, tomara que essa situação mude e achemos alguns grandes talentos de segunda rodada nos drafts futuros.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.