Os dois lados do inexistente ataque aéreo dos Patriots

Patriots

O que se viu em Patriots x Bills nesse Monday Night Football foi inusitado. A equipe de New England conseguiu vencer o ótimo time de Buffalo (para muitos melhor que os Pats) tentando apenas 3 jogadas de passe na partida.

Mesmo naquele famoso jogo contra os Bills na última rodada da temporada 2008, Matt Cassel tentou 8 passes, acertando 6 deles.

O ataque aéreo dos Pats foi inexistente contra os Bills, e isso nos traz dois ângulos, positivo, e outro nem tanto.

Os Patriots não confiaram em Mac Jones

Não consigo colocar de outra forma o que houve no Monday Night Football: os Patriots não confiaram em Mac Jones para lançar a bola.

Calma, amigo torcedor. Antes que você se arme, isso não é um ataque a Mac Jones.

Em muitos momentos desta temporada vimos os Patriots terem um excesso de cautela com seu quarterback, adotando uma postura muito conservadora.

Isso ocorreu, por exemplo, após os strip sacks sofridos diante dos Cowboys e Panthers, quando, principalmente no primeiro caso, os Patriots deixaram de lado o jogo aéreo após pancadas sofridas por Mac.

O jogo contra os Bills apresentava uma série de desafios para o calouro: um clima com uma ventania praticamente sem precedentes, e do outro lado simplesmente a melhor defesa aérea de toda a NFL até então.

Mesmo Josh Allen, com um canhão no braço, sofreu com as condições climáticas.

Talvez a ideia inicial não tenha sido lançar apenas 3 passes, e isso foi sendo desenvolvido à medida que o jogo terrestre funcionava e a defesa (e o vento) segurava o potente ataque dos Bills. Mas essa estratégia foi bastante arriscada.

A liderança não estava garantida para abandonar o passe completamente. Não se tratava de uma vantagem de duas ou mais posses de bola em que bastava ao time gastar um pouco do relógio.

Uma jogada dos Bills era capaz de deixar os Patriots em desvantagem, e o time seria forçado a começar a passara bola, com a melhor defesa aérea da NFL postada para segurar o passe.

Com uma vantagem pequena e diante de uma defesa que chegou a colocar 10 jogadores no box, caso houvesse confiança de que Mac poderia lançar a bola sem riscos naquelas condições, os Pats certamente teriam tentado algo a mais em termos de jogo aéreo.

Por outro lado…

Os Bills não viram por inteiro o ataque dos Pats

Com 13 jogos disputados, os adversários dos Patriots já têm muito material em filme para analisar as forças e fraquezas ofensivas de New England.

Uma coisa, entretanto, é assistir ao filme. Outra, é enfrentar o time. E pode-se dizer que os Bills não enfrentaram o ataque aéreo dos Pats.

O confronto direto possibilita às comissões técnicas analisar se os matchups imaginados funcionaram, quais jogadores se adaptaram ou não a certas situações, marcações.

Os Patriots conseguiram bater os Bills sem dar aos rivais a chance de ver o que podem fazer contra o jogo aéreo de New England, que se não rivaliza com os mais explosivos da NFL, já se mostrou bastante capaz em outras partidas.

Veremos se Bill Belichick e Josh McDaniels saberão explorara essa vantagem no segundo confronto.


Acompanhe o Patriotas no Instagram clicando aqui.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.