Os números aposentados dos Patriots

Uma das formas mais gratificantes de se homenagear um ídolo de sua equipe, é após a aposentadoria dele, também haja a do número com qual ele jogava, isso é, esse número não poderá mais ser utilizado por ninguém. Nos Patriots, já tivemos sete ídolos com o número aposentado.

Os números aposentados dos Patriots

Gino Cappelletti (1960-1970) #20

download

Sem jogar football no ano de 1959, Gino Cappelletti resolveu voltar aos campos no ano seguinte, assinando com o então, Boston Patriots, para jogar de kicker e de defensive back. Porém, no fim da temporada, ele acabou se convertendo para wide receiver (continuou como kicker), formando uma dupla chamada “Grand Opera Twins”, com o quarterback Babe Parilli. Em 1964, Gino recebeu o prêmio de AFL MVP. Ele também liderou a liga em pontos marcados e foi AFL All-Star cinco vezes. Em 1971, com 37 anos, Cappellatti se aposentou, sendo o maior pontuador da história da AFL, com 42 touchdowns, 176 field goals e 342 extra points. Seu recorde de pontuação só foi quebrado em 2005, pelo K Adam Vinatieri.

Mike Haynes (1976-1982) #40

images (1)

Selecionado pelos Patriots na quinta escolha do draft, o cornerback Mike Haynes teve uma temporada de rookie excepcional, com incríveis oito interceptações. Ainda nessa temporada, ele retornou dois punts para touchdown, sendo um de 89 jardas. Com ótimas atuações, logo no seu primeiro ano ele foi chamado ao Pro-Bowl. Em 1979, Haynes ficou de fora de seu primeiro jogo como profissional, após ter disputado 58 partidas consecutivas. Durante seus sete anos nos Pats, Mike acumulou 28 interceptações e 1,159 jardas em 111 retornos, tendo uma média de 10.4 jardas em cada. Em 1994, ele foi induzido ao Hall da Fama dos Patriots e seu número foi aposentado.

Steve Nelson (1974-1987) #57

images (2)

Steve Nelson foi draftado no segundo round pelos Patriots, time que jogou em toda sua carreira. Durante 14 anos na franquia, Nelson só ficou de fora de 3 jogos e foi nomeado MVP duas vezes. Ele também foi chamado ao Pro-Bowl três vezes, em 1980, 1984 e 1985. Jogando na posição de linebacker, Steve era o núcleo da defesa Patriota e teve 9 temporadas com mais de 100 tackles. Em 1988, em números não oficiais, ele anotou incríveis e surreais 207 tackles. Depois da sua aposentadoria, Steve Nelson foi treinador dos Patriots. Já em 1993, foi nomeado ao Hall da Fama da equipe.

John Hannah (1973-1985) #73

Hannah_Team_Action

Assim como Steve Nelson, John Hannah também só jogou por um time na sua carreira, os Patriots. O offensive guard, foi selecionado na quarta escolha geral do draft. Sendo um jogador de linha completo, Hannah era muito competitivo e cobrava que seus companheiros também fossem. Ao lado do tackle Leon Gray, ele formou a considerada melhor dupla de OLs da década de 70. Em 1985, ele ajudou os Patriots a chegarem ao Super Bowl XX, contra o fortíssimo Chicago Bears, que saiu vencedor. Após a partida, John Hannah se aposentou. Ele acumulou 9 idas ao Pro-Bowl. Em 1991, foi o primeiro Patriot induzido ao Pro Football Hall da Fama.

Bruce Armstrong (1987-2000) #78

images (3)

Mais um jogador de linha ofensiva que fez história nos Patriots. Bruce Armstrong jogou todas as suas 14 temporadas de NFL pela a equipe Patriota. Ao longo de sua carreira, Bruce teve uma presença incrível para um jogador de linha ofensiva, só ficando de fora em 8 partidas de 220 (118 foram seguidas), o fazendo até 2015, quando foi ultrapassado por Tom Brady, o atleta que mais jogou pelos Pats. Armstrong foi convocado a seis Pro-Bowls e foi um dos 22 jogadores induzidos ao Hall da Fama dos Patriots. Seu maior título na equipe foi quando ele foi campeão da AFC, em 1996.

Jim Lee Hunt (1960-1970) #79

images (4)

Mais um ex-Boston Patriots que teve seu número aposentado como uma forma de homenagem por tudo que ele fez para equipe. Jim Lee Hunt foi draftado no 16° round pelos Bears, porém decidiu assinar com os Pats. O defensive end foi um dos doze que jogaram em todas as temporadas da não mais existente AFL. Apelidado de “Earthquake”, Hunt foi quatro vezes AFL All-Star. Em 1967, ele foi eleito o melhor pass-rushing tackle da liga. Jim possui o recorde de mais fumbles recuperados da AFL. Ele jogou 142 partidas pelos Patriots e foi induzido ao Hall da Fama. Em 1975, Jim Lee Hunt morreu devido a um ataque cardíaco.

Bob Dee (1960-1967) #89

images (5)

Robert Henry Dee, mais conhecido como Bob Dee, foi um dos primeiros jogadores contratado pela franquia Boston Patriots. O defensive end foi um “homem de ferro” ao longo de suas temporadas com os Patriots, onde não ficou de fora de nenhum jogo, jogando 112 seguidos. Dee marcou seu nome nos livros de história após anotar os primeiros pontos da American Football League (AFL) retornando um fumble para endzone. Bob era um jogador supersticioso e só usou um capacete em toda sua carreira. Ele foi quatro vezes All-Star e é membro do time dos Patriots da década de 60. Em 1979, Bob Dee morreu de um ataque cardíaco durante uma viagem de negócios.

E aí Patriotas, quem você acha do elenco atual que terá o número aposentado? Comente!

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Este post tem 3 comentários

  1. Com certeza a 12 do Brady e a 87 do Gronk (se continuar nos Pats por mais alguns anos) serão aposentadas. São jogadores que já fizeram história pelo Patriots e são vaga garantida no hall da fama não só do Patriots mas também da NFL.

  2. Próxima e a 53 de Kyle Van Noy

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.