Patriots voltam ao Gillette Stadium para enfrentar os Dolphins

Dolphins

Após duas partidas fora de casa, os Patriots retornam ao Gillette Stadium para enfrentar o Miami Dolphins pela semana 12 da temporada 2017.

A equipe da Flórida não vivem um bom momento, mas sabemos que jogos de divisão são quase sempre complicados, afinal, os times se conhecem muito bem.

Enquanto a hora do jogo não chega, saiba mais sobre a história desse confronto.

Patriots voltam ao Gillette Stadium para enfrentar os Dolphins

Histórico

Geralmente iniciamos esse aquecimento falando do histórico do confronto.

Nos acostumamos a ver os Patriots com vantagens contra os oponentes. No entanto, no caso do Miami Dolphins, a coisa muda.

Isso porque os Dolphins são um dos poucos times da liga que possuem mais vitórias que derrotas no confronto direto com os Patriots.

Em 103 confrontos, Miami levam vantagem com 53-50.

Nos playoffs, as equipes já se cruzaram três vezes, com duas vitórias de New England contra uma de Miami.

Destacamos dois confrontos, um com vantagem para cada equipe.

Em 2008, temporada em que os Patriots jogaram sem Tom Brady, os Dolphins foram até Foxborough e surpreenderam os Patriots com o ataque “wildcat”.

Bill Belichick não encontrou respostas para a estratégia de Miami, e os Dolphins venceram por 38 x 13.

Já em 2010, os Patriots foram até Miami e amassaram os Dolphins por 41 x 14.

O interessante desse jogo não foi apenas o placar, mas o modo como os Patriots pontuaram.

O time de New England anotou touchdowns de quase todas as formas possíveis: passe, corrida, retorno de chute, retorno de field goal bloqueado e interceptação retornada para touchdown.

Ligações entre as equipes

No confronto Patriots x Dolphins deste domingo, cada equipe terá dois personagens que já vestiram a camisa adversária.

No lado dos Dolphins, o offensive lineman Ted Larsen foi draftado pelos Patriots em 2010. O jogador foi dispensado ainda naquele ano.

Além dele, o técnico de wide receivers da equipe da Flórida, Shawn Jefferson, jogou como wide receiver nos Patriots de 1996 a 1999.

Já no lado dos Patriots, dois jogadores já estiveram nos Dolphins: o running back Mike Gillislee e o linebacker Trevor Reilly.

Gillislee esteve nos Dolphins em 2013 e 2014, enquanto Reilly passou brevemente pela franquia de Miami na temporada 2016.

Comparando a temporada 2017

Patriots e Dolphins vivem momentos opostos em 2017.

New England lidera a divisão com 4 vitórias a mais que Miami, que está em terceiro, com o mesmo número de vitórias do lanterna, o New York Jets.

Vejamos o que as estatísticas nos dizem sobre Patriots e Dolphins:

PATRIOTS DOLPHINS
RETROSPECTO 8-2 4–6
ATAQUE TOTAL (jardas por jogo) 410,5 (2º) 292,3 (30º)
ATAQUE TERRESTRE 106 (16º) 80,4 (29º)
ATAQUE AÉREO 304,5 (1º) 211,9 (20º)
TOUCHDOWNS 30 18
DEFESA TOTAL (jardas cedidas por jogo) 401,9 (32º) 339,2 (17º)
DEFESA CONTRA CORRIDA 119,9 (24º) 109,9 (14º)
DEFESA CONTRA O PASSE 282 (32º) 229,3 (17º)
PONTOS CEDIDOS POR JOGO 20,3 (12º) 25,4 (25º)
SALDO DE TURNOVERS +8 (3º) -9 (29º)

 

New England x Miami terá transmissão da ESPN Extra.

Estaremos ao vivo no Facebook 45 minutos antes da partida, e traremos todas as informações do jogo no Twitter através do @nepatriotas.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.