Para empolgar: Patriots fazem partida implacável contra os Chargers

chargers

Durante a temporada regular, vimos diversas vezes o ataque dos Patriots jogar bem, mas a defesa não corresponder, ou vice-versa. Felizmente, contra os Chargers, New England conseguiu “virar um só”, e teve sua melhor atuação do ano. Veja os destaques da partida no Who Did The Job:

Para empolgar: Patriots fazem partida implacável contra os Chargers

Destaques positivos:

Pass rush atormentando Phillip Rivers

New England Patriots defensive end Trey Flowers (98) sacks Los Angeles Chargers quarterback Philip Rivers during the second half of an NFL divisional playoff football game, Sunday, Jan. 13, 2019, in Foxborough, Mass. (AP Photo/Steven Senne)

O lendário quarterback de Los Angeles teve uma tarde difícil ontem. Tentando vencer Tom Brady pela primeira vez em oito jogos, Rivers viu sua linha ofensiva sucumbir para o surpreendente pass rush dos Pats, e não conseguiu obter os desempenhos que o colocaram na briga pelo prêmio de MVP.

Phillip foi pressionado 35 vezes pela defesa Patriota, que teve sua melhor marca da temporada e não teve medo de mandar blitz. Trey Flowers e Adrian Clayborn foram os grandes destaques. O primeiro, como sempre, foi um motorzinho durante todo o jogo, e computou 1 sack e 2 hits. Já Clayborn, que assumiu o lugar do lesionado Deatrich Wise, voltou a aparecer com 1 sack e 3 hits.

Linha ofensiva com partida perfeita

D2SP3033-watermarked

A batalha nas trincheiras era um dos matchups que mais preocupavam os Patriots para o Divisional Round, afinal, o time enfrentaria dois ótimos defensive ends: Melvin Ingram e Joey Bosa, o que apontava para um certo favoritismo para o lado californiano.

Entretanto, o oposto foi visto quando a bola voou. A linha ofensiva Patriota fez uma de suas melhores partidas da temporada, se não a melhor. Todos os cinco jogadores tiveram desempenhos magníficos, e não fizeram Brady comer grama sequer uma vez e só ser atingido em duas oportunidades.

Além da belíssima proteção, a OL também abriu buracos para o jogo corrido, contando com a ajuda de James Develin, Dwayne Allen e Rob Gronkowski. No total, foram 155 jardas e 4 TDs pelo chão.

Dupla Brady-Edelman afiada

D2SP9584-watermarked

Apagados na reta final da temporada regular, Tom Brady e Julian Edelman estrearam com tudo nos playoffs, castigando a defesa dos Chargers 9 vezes para 151 jardas.

Brady foi altamente preciso na partida, completando 34 de 44 passes para 343 jardas e 1 TD. O quarterback agora tem mais vitórias (28) do que Peyton Manning tem de jogos como titular (27) na pós-temporada.

Já Edelman viveu uma tarde de recorde. Ele se tornou o primeiro jogador dos Pats a ter 5 jogos com mais de 100 jardas recebidas nos playoffs, além de entrar no top 10 da Liga de jardas aéreas na pós-temporada.

Running backs decidem o jogo

New England Patriots running back Sony Michel (26) runs away from Los Angeles Chargers free safety Derwin James (33) during the first half of an NFL divisional playoff football game, Sunday, Jan. 13, 2019, in Foxborough, Mass. (AP Photo/Steven Senne)

Comentamos no decorrer da semana que os RBs dos Pats teriam um papel crucial no Divisional Round. E eles superaram as expectativas, tanto correndo quanto recebendo.

Sony Michel foi o principal jogador pelo solo. Ele marcou um hat-trick e acumulou 129 jardas, ultrapassando Robert Edwards (1998) e se tornando o calouro com mais touchdowns corridos em uma partida pelos Patriots nos playoffs.

Já no ataque aéreo, não tinha como ser diferente: James White destruiu! O melhor jogador ofensivo de New England na temporada conseguiu incríveis 15 recepções, empatando com o recorde de mais em um único jogo de pós-temporada.

Destaque negativo

Two-minute offense

1DSP8927-watermarked

Aqui vai um pouco de perfeccionismo. Assim como no clássico contra os Dolphins, pela semana 14, os Patriots morreram com a bola na mão no primeiro tempo, mesmo estando em área de field goal.

Desta vez, Phillip Dorsett não conseguiu se esticar para sair de campo, e o relógio continuou andando até zerar e a posse voltar para os Chargers na segunda etapa.

Esse erro não fez diferença ontem, pois o placar já estava disparado. Contudo, isso não poderá se repetir contra os Chiefs, caso os Patriots queiram ir para seu terceiro Super Bowl seguido.


Mais uma final da AFC no caminho dos Patriots, mais um jogo para acabarmos com as nossas unhas!

Falaremos de tudo sobre o próximo confronto contra Kansas aqui no site, no twitterfacebook e instagram! Vem com a gente!

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Este post tem 3 comentários

  1. Sinceramente somos críticoa demais do nosso time….fico vendo torcedores de outros time sofrendo todo ano com times ruins….não tenho medo de nenhum time…nossa camisa é pesada temos o melhor de todos….
    Perdemos para o Steelers na última bola
    Perdemos pra Miami na última Bola…nossa campanha dava pra ser 13-3….

    Jogamos muito mal contra Titans, Lions, Jaguars
    Vamos atrás do sexto anel…Belicheck, Brady, Edelman, Gronk, Gost, Devellin, Allen….são a história do nosso time…. somos os melhores…a maior e a melhor dinastia de todos os esportes…

    Go Pats

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.