Patriots conseguem virada incrível sobre os Texans

Texans Gronkowski

Num confronto que tem a sensação de ser de divisão, de tando que as equipes se enfrentam, Patriots e Texans fizeram um baita jogo no Gillette Stadium.

Após várias viradas no decorrer da partida, os Patriots conseguiram arquitetar um drive perfeito para vencer no apagar das luzes.

Patriots conseguem virada incrível sobre os Texans

Defesa

Começaremos hoje pela defesa, já que a unidade tem produzido muito abaixo do esperado, considerando a qualidade dos jogadores à disposição.

A atuação contra os Texans foi ruim, permitindo a afirmação de que o ataque dos Pats colocou a defesa nas costas.

Antes dessa partida, os Texans haviam marcado um total de 20 pontos em 2 partidas. Contra os Patriots, foram 33.

O quarterback calouro Deshaun Watson jogou como um veterano, acertando passes de muita qualidade e conseguindo conversões difíceis.

Todos os setores cometeram falhas.

O front 7 conseguiu pressionar demais Watson.

Foram muitos hits, mas a defesa deixou a frustrante sensação de encostar em Watson mas não conseguir derrubá-lo.

O quarterback de Houston, bastante atlético, conseguiu completar muitos passes mesmo forçado a sair do pocket.

A capacidade da defesa de conter quarterbacks móveis será testada novamente já no próximo domingo, quando Cam Newton será o adversário.

Com Watson ganhando tempo, a secundária sofreu para segurar os recebedores dos Texans.

Houston teve 4 recebedores com pelo menos 59 jardas cada, e Watson alcançou 301 jardas passadas.

Malcolm Butler conseguiu se recuperar de atuações não tão boas nos dois primeiros jogos.

O cornerback cedeu apenas duas recepções e mostrou a disposição com a qual nos acostumamos.

Outro ponto positivo: Stephon Gilmore conseguiu sua primeira interceptação com a camisa dos Patriots.

Por fim, mais uma vez os Pats mostraram que ainda não estão preparados para impedir big plays como fizeram no passado.

No ritmo atual, os Patriots terão cedido ao final da temporada quase o dobro de jogadas de 20 jardas ou mais que em 2016.

Resultado de imagem para patriots texans
A defesa dos Patriots sofreu para segurar o ótimo Deshaun Watson.

Ataque

O ataque dos Patriots conseguiu, com exceção da linha ofensiva, fazer um ótimo jogo.

A atuação só não foi melhor porque a desfalcada linha ofensiva dos Pats sofreu bastante para segurar JJ Watt e companhia.

Sem Cannon e com Solder visivelmente longe de sua melhor fase, Brady foi castigado em boa parte do jogo.

Não há mais como desviar dessa obviedade: Nate Solder não está bem.

Para azar do tackle, sua má fase vem justamente em seu último ano do contrato, quando o atleta deveria mostrar que merece uma extensão contratual.

Caso os problemas continuem, é provável que o tempo de Solder em New England esteja perto do fim.

Além diso, o poderoso front 7 dos Texans não permitiu que os Patriots corressem com a bola, e o jogo terrestre foi praticamente anulado.

A má atuação da linha ofensiva comprometeu inclusive algumas peças do ataque.

Os tight ends e running backs por diversas vezes tinham que priorizar segurar os defensores de Houston, só depois indo para suas rotas.

Mesmo com os problemas, Brady fez mais um jogo espetacular, se tornando o segundo quarterback a passar das 300 jardas contra os Texans desde o início da temporada 2015.

No tocante aos recebedores, podemos dizer que tivemos a verdadeira estreia de Brandin Cooks.

Finalmente o veloz recebedor atuou como a torcida esperava desde sua contratação, com belas rotas, muita velocidade e com grande concentração, principalmente no touchdown que decretou a vitória dos Pats.

Gronk também fez um ótimo jogo, mesmo tendo que se preocupar mais do que o de costume com os bloqueios.

Para finalizar os destaques, Chris Hogan comprovou mais uma vez sua importância para o ataque e sua incrível capacidade de ficar completamtente desmarcado em algumas jogadas.

No final, foram 5 touchdowns dos Patriots, todos passados, e mais uma incrível virada nos últimos segundos.

Resultado de imagem para patriots texans
Brandin Cooks finalmente se tornou a arma explosiva que todos esperavam.

Destaques

Tom Brady: 25/35, 377 jardas e 5 TDs.

Brandin Cooks: 5 recepções, 131 jardas e 2 TDs.

Rob Gronkowski: 8 recepções para 89 jardas e 1 TD

Resultado de imagem para patriots texans
Mesmo bastante pressionado, Tom Brady foi espetacular comandando a virada.

No próximo domingo, os Patriots recebem o Carolina Panthers.

Os Panthers começaram muito mal a temporada, mas enquanto tiverem jogadores como Luke Kuechly e Cam Newton são um time a se respeitar.

É fundamental que Bill Belichick corrija os erros da defesa, que começaram 2017 muito abaixo da expectativa.

Falaremos de tudo que antecede essa partida durante a semana nos nossos canais.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Este post tem 5 comentários

  1. Saiu alguma notícia do porque o Hightower não jogou? Será que ele vai dar jeito nisso? E o David Harris, gostaria que comentassem por favor o porque ele não está jogando ou não está aparecendo. Me da um frio na barriga toda vez que vejo a defesa se alinhando no 3×4 com 5 na linha… sempre dá ruim, tenho a impressão de que o meio fica desprotegido e fica fácil pra correr por dentro e lançar entre a linha e a secundária. Vocês veem alguma solução no plantel?

    1. A última informação do Hightower é que ele voltaria ou contra os Texans ou contra os Panthers.

    2. Sobre o Harris, parece ser por opção técnica. Apareceu apenas em jogadas de goal line contra Houston.

      1. Obrigado Arthur! Parabéns pelo trabalho!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.