Patriots x Dolphins : Análise

Noite de quinta-feira e os Patriots entraram em campo no Gillette Stadium para Patriots x Dolphins valendo pela semana 8 da NFL. Após poucos dias de descanso da partida contra os Jets, a equipe mostrou evolução e venceu de forma tranquila por 36 x 7 o então embalado time de Miami.

Patriots x Dolphins: análise

ATAQUE

Já iniciamos a partida com um ótimo drive que culminou no touchdown de 47 jardas de Rob Gronkowski. Vale ressaltar o trabalho de LaFell nesta jogada que bloqueou o seu CB e o SS abrindo uma avenida para Gronk.

Após esta jogada o ataque teve uma baixa significante  de produção e começou a sentir a pressão da forte linha defensiva de Miami. Se na partida contra os Jets os problemas foram os drops, nesta quinta o principal adversário foram as inúmeras faltas causadas pelo ataque, 8 durante toda a partida que nos causaram 69 jardas de punição.

A linha ofensiva, mais uma vez com desfalques teve um bom rendimento. Cameron Fleming sofreu em algumas jogadas tentando parar o forte DE Cameron Wake, que conseguiu um sack em Brady.

Por muitas vezes foi preciso algum tight end ajudar Fleming na disputa.

Destaque para o interior da OL com Kline, Andrews e Jackson que também dobraram a marcação no poderoso Ndamukong Suh e anularam o jogador durante toda a partida.

Suh não teve nenhum tackle solo no jogo e terminou com apenas 2 tackles assistenciais.

Entre o grupo de recebedores, destaque mais uma vez para Julian Edelman, que após duas partidas estranhas voltou a brilhar em campo anotando 2 touchdowns em 7 bolas recebidas para 81 jardas.

LaFell que sofreu com os drops contra NY teve um bom jogo ajudando nos bloqueios e recebendo 4 bolas para 47 jardas, mais de 10 na média!

Pela segunda vez consecutiva, Rob Gronkowski foi o jogador com mais jardas recebidas no ataque, o tigh end continua mostrando sua força dentro de campo e sendo um sério problema para as defesas adversárias.

O jogo corrido foi mais utilizado, Blount foi o mais acionado com 17 tentativas e conseguiu algumas boas corridas. Porém o destaque do ataque fica com Dion Lewis. Para o torcedor que assistiu o jogo contra os Jets, percebeu a diferença que Lewis faz em campo. Seus números corridos não foram extraordinários, mas recebendo passes ele fez a diferença.

Seja alinhando como um receiver ou recebendo passes no screen (jogada onde ele sempre brilha) Lewis foi o segundo maior recebedor do ataque com 93 jardas e 1 TD.

lewis
Lewis, destaque da partida com seus cortes incríveis!

DEFESA

Podemos ver uma evolução da defesa nesta partida. No setor dos 7 frontais, foi uma ótima atuação.

Com a pressão e ajuda da torcida fazendo barulho, conquistamos 2 pontos em um safety do ataque de Miami após um snap que Tannehil não esperava receber.

Lamar Miller, RB de Miami que estava com 6 jardas/corrida de média na temporada conseguiu somente 15 jardas totais em 9 tentativas (1.6 de média).

Na pressão ao quarterback foram 5 sacks, sendo 2 de Chandler Jones que lidera a NFL neste momento, 1 de Rob Ninkovich, 1 de Hightower e 1 de McCourty.

Um ponto onde sentimos contra NY foi melhorado nesta quinta. A defesa contra a terceira descida cedeu somente 18% de sucesso ao ataque de Miami (foi 57% contra NY).

Na secundária os problemas ainda não foram 100% sanados, mas observamos melhoras.

Logan Ryan conseguiu sua 3ª interceptação na temporada, décima na carreira, em um passe ruim lançado por Tannehill.

Importante frisar que desde que entrou na liga (2013), somente 5 jogadores no geral conseguiram mais interceptações que Ryan.

Ainda sobre Ryan, ele foi o maior tackleador da defesa neste jogo.

A outra interceptação ficou por conta do safety Duron Harmon. Ele vez uma bela ponte para arragar o passe mostrando agilidade e instinto.

Os problemas ainda existem, o ataque de Miami conquistou 16 dos 18 first downs no passe e isto ainda preocupa a cabeça do torcedor Patriota.

front7
Front 7 pressionou o jogo todo!

TIMES ESPECIAIS

Esta é uma área onde normalmente não temos do que reclamar e neste jogo foi praticamente isso.

Stephen Gostkowski alcançou mais um recorde em sua carreira, desta vez passando Adam Vinatieri com 26 field goals consecutivos com o uniforme dos Patriots.

Vale destacar o incrível chute usando o vento para direcionar a bola dentro das traves. Coisas que só o melhor da liga pode fazer.

Ryan Allen teve mais um jogo sólido, com bons punts quase sempre colocando o ataque adversário dentro da linha de 10 jardas da própria defesa.

A única reclamação fica por conta de um kickoff retornado por 50 jardas por Miami, onde Gostkowski apareceu para salvar a equipe de um touchdown. Sem dúvidas Belichick não se esquecerá disto nas próximas reuniões com os jogadores.

gostkowski
Greatkowski sendo perfeito como sempre!

DESTAQUES

Tom Brady (quarterback): 26/38, 356 jardas, 4 TDs e 0 INT.

Rob Gronkowski (tight end): 6 recepções para 113 jardas, 1 TD.

Julian Edelman (wide receiver): 8 recepções para 85 jardas.

Dion Lewis (running back): 5 corridas para 19 jardas, 6 recepções para 93 jardas e 1 TD.

Chandler Jones (defensive end): 4 tackles e 2 sacks, lidera a NFL derrubando QBs.

Stephen Gostkowski (kicker): Recorde da franquia com 26 field goals consecutivos.

jones
Chandler Jones mostrando seu carinho para Tannehill!

First Downs: 24 (8 corridas / 16 passes) | Terceira Descida: 3/12 (25%) | Total de Jardas: 437 (95 correndo / 342 passando) | Faltas: 8 (69 jardas) | Touchdowns: 4 (4 passando) | Field Goal: 2-2 (100%) | RedZone: 3/4 (75%) | Pontuação Final: 36 pontos | Tempo de Posse: 32:37 min.

COMENTÁRIOS PÓS-JOGO

Rob Gronkowski (Tight End)
Sobre o seu touchdown: “Eu fiz uma ótima rota! (risos). Nós corremos bem com a bola hoje e isso ajudou no play action. Recebi um ótimo passe e tive ajuda do ataque todo para anotar.”

Chandler Jones (defensive end)
“O maior crédito deve ser dado aos técnicos. Tivemos poucos dias de preparação e eles nos orientaram muito bem. Fomos lá e fizemos o que eles pediram. Créditos para Belichick e nossos treinadores de defesa”

Logan Ryan (cornerback)
“Nós evoluímos da partida anterior. O número de terceiras descidas cedidas já foi melhor e conseguimos recuperar a bola mais vezes. Sem dúvida estamos evoluindo”

tannehill
Como é bom jogar em Foxborough!

Entramos agora num perído de 10 dias sem jogar, fato que pode ajudar na recuperação de jogadores importantes.

Teremos a volta de Bryan Stork na próxima partida e o último dia para troca de jogadores acontece nesta terça-feira. Portanto podemos ter novidades na equipe!

Ainda vamos falar bastante deste jogo em nosso podcast que sai neste final de semana! Fiquem atentos e ouçam junto com a gente!

We are on to Washington!

Veja os melhores momentos do jogo aqui!

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.