Patriots x Steelers: análise

Finalmente ela voltou! A NFL está de volta em nossas vidas depois de um longo período. E voltou em grande estilo, com o New England Patriots abrindo a temporada recebendo o Pittsburgh Steelers no Gillette Stadium.

Como atuais campeões do Super Bowl, os Patriots fizeram uma bela festa de apresentção do troféu e inauguração do banner de vencedor do Super Bowl XLIX, o 4º da franquia.

Altos e baixos marcaram a atuação do time, mas o importante é que os Patriots venceram por 28 x 21 e começaram com o pé direito a temporada 2015 da NFL.

Patriots x Steelers: análise

ATAQUE

O jogo parecia ter uma receita de problemas no ataque: recebedores fora ou voltando de contusão, linha ofensiva recheada de calouros e Tom Brady em campo após todas as distrações da offseason. No entanto, o ataque dos Patriots surpreendeu e se mostrou encaixado na mairoia da partida.

Quem viu Brady jogar ontem certamente não lembrou que ele passou a pré-temporada inteira lidando com acusações de participação em um suposto esquema de trapaças. Também não lembrou que o quarterback dos Patriots já está próximo dos 40 anos de idade.

Brady foi perfeito na quase totalidade da partida, fazendo o ataque avançar e pontuando nas vezes em que chegou à redzone dos Steelers. O quarterback dos Patriots terminou a partida com 25/32, 288 jardas e 4 touchdowns.

Dos quatro passes para touchdown lançados por Brady, três foram para o tight end Rob Gronkowski. A defesa dos Steelers não encontrou resposta para Gronk, que pareceu imparável durante quase todo o jogo.

Julian Edelman foi o destaque entre os wide receivers. Sem ter participado de nenhum jogo da pré-temporada, muitos questionavam se Edelman teria totais condições de atuar no jogo de abertura.

O que se viu foi uma sintonia com Brady boa como de costume, e “Minitron” conseguiu várias conversões importantes de 3ª descida.

Com Bryan Stork fora de combate, a linha ofensiva começou a partida com três calouros nas posições de guard e center: Shaq Mason, David Andrews e Tre Jackson.

Apesar de ser jogo de temporada regular, Bill Belichick rodou bastante a OL, colocando Josh Kline e Marcus Cannon em boa parte dos snaps e mudando os jogadores de posição.

No geral, a linha ofensiva não fez um excepcional trabalho para o jogo terrestre, mas suportou bem na proteção ao passe. Brady só foi sacado duas vezes, uma delas em uma blitz de um cornerback dos Steelers.

O jogo terrestre não brilhou, mas Dion Lewis sim. O running back começou o jogo como titular quando muitos imaginavam que seria Brandon Bolden. Lewis se mostrou muito ágil para fugir dos tackles e conseguiu jardas tanto correndo quanto recebendo passes.

Patriots x Steelers
Tom Brady no comando do ataque.

DEFESA

A defesa dos Patriots chegou com grande expectativa quanto ao remodelado front 7. Antes do jogo, o time anunciou que Rufus Johnson e Trey Flowers seriam inativos, o que já entristeceu alguns torcedores.

Logo no início da partida, Dominique Easley sentiu o que aparenta ser uma lesão no quadril e deixou o jogo para não mais voltar. Vamos torcer para que o jogador não fique afastado por muito tempo.

Com isso, a linha defensiva não conseguiu segurar bem o jogo terrestre nem pressionar constantemente o quarterback adversário. Assim, os Steelers correram muito bem com a bola através de DeAngelo Williams e Big Ben teve muito tempo no pocket para encontrar seus recebedores.

Apesar da volta de Jerod Mayo, Jamie Collins foi o jogador com o adesivo verde no capacete, o que significa que ele recebia as chamadas do coordenador defensivo Matt Patricia. Essa confiança, que já havia sido depositada em Collins em vários momentos da temporada passada, diz muito sobre o jogador.

Nossa secundária, como toda a defesa, alternou bons e maus momentos. Bill Belichick, assim como fez com todos os setores, alternou bastante os jogadores. E como dissemos antes da partida, testou várias coberturas diferentes, o que causou algums problemas de espaços nas zonas da secundária.

A partida de Malcom Butler é um caso difícil de analisar.

Olhando friamente os números, ele cedeu 9 recepções, 133 jardas e 1 touchdown para Antonio Brown. Não há como negar, são péssimos números.

No entanto, quando olhamos cada jogada em si, Butler esteve perfeito em várias coberturas, e nessas jogadas as recepções só aconteceram porque Big Ben conseguiu passes que foram verdadeiras pinturas.

Temos que lembrar que esse foi apenas o primeiro jogo de Butler como titular e ele enfrentou um dos melhores (talvez o mais completo) wide receivers da NFL. Chamou atenção a força dada a Butler no fim da partida por Matt Patricia e pelos demais jogadores, que pareciam reconhecer a dura tarefa de marcar Antonio Brown.

Assim, podemos concluir que o jogador, assim como toda a defesa, vai evoluir ao longo da temporada.

Patriots x Steelers
Malcom Butler teve muito trabalho contra Antonio Brown.

DESTAQUES

Tom Brady (quarterback): 25/32, 288 jardas e 4 TDs.

Rob Gronkowski (tight end): 5 recepções para 94 jardas e 3 TDs.

Julian Edelman (wide receiver): 11 recepções para 97 jardas.

Dion Lewis (running back): 15 corridas para 69 jardas; 4 recepções para 51 jardas.

David Andrews (center): precisou jogar pela lesão de Stork e segurou muito bem o centro da linha ofensiva.

Patriots x Steelers
Rob Gronkowski esteve acima de todos na partida de abertura.

First Downs: 26 (5 corridas / 19 passes / 2 faltas) | Terceira Descida: 7/11 (63%) | Total de Jardas: 361 (80 correndo / 281 passando) | Faltas: 7 (64 jardas) | Touchdowns: 4 (0 correndo / 4 passando / 0 retorno) | Field Goal: 0-0 (0%) | RedZone: 4/4 (100%) | Pontuação Final: 28 pontos | Tempo de Posse: 27:55 min.

Patriots x Steelers
A linha ofensiva surpreendeu positivamente ontem.

COMENTÁRIOS PÓS-JOGO

Bill Belichick (técnico)
“É sempre assim quando enfrentamos (Big) Ben. Parece que ele sempre lança para 350, 400 jardas contra nós nas últimas três ou quatro vezes. Ele é um grande quarterback, eles têm um ótimo ataque, vários bons recebedores. Há coisas que podemos fazer melhor, mas acho que competimos bem e fizemos boas jogadas.”

Tom Brady (quarterback)
Sobre se é um alívio finalmente poder focar só no jogo: “Sim! Eu amo estar em campo com meus companheiros, então é um alívio.”

Devin McCourty (safety)
Sobre se o time cedeu muitas jogadas longas: “Claro. Você não quer ceder nenhuma jogada longa, então se você cede uma já é muito, mas você também tem que pensar em que time você está enfrentando. Os times fazem jogadas e você só tem que continuar vencendo.”

Patriots x Steelers
Dont’a Hightower comemorando seu primeiro sack na temporada.

Não foi um jogo perfeito, mas podemos concluir que a estreia foi superior ao que vimos no primeiro jogo da temporada passada contra o Miami Dolphins, quando o time foi bastante inoperante tanto no ataque quanto na defesa.

Tom Brady não parece sentir os efeitos dos problemas extra-campo, e sua sintonia com Gronk e Edelman parece estar em ritmo de meio de temporada.

Na próxima semana, os Patriots visitam o Buffalo Bills. Comandados por Rex Ryan, os Bills possuem uma das melhores defesas da NFL, e Brady e companhia precisarão estar no topo do seu jogo para que possamos vencer a partida.

Como é bom finalmente estar falando dos Patroit dento de campo!

Lembrando que teremos um podcast especial sobre a abertura da temporada, fiquem de olho!

 

PATRIOTS 28 x 21 STEELERSPerdeu o jogo ontem? Quer rever os melhores momentos? Aqui o vídeo dos highlights da vitória Patriota!

Posted by NE Patriotas on Sexta, 11 de setembro de 2015

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Este post tem 9 comentários

  1. Ótima análise! Pra mim, foi um jogo prefeito, mas muito bom ler algo do ponto de vista mais crítico para colocarmos o pré no chão! Parabéns!

  2. Otima análise do jogo. Parabéns.
    Faço duas observações: 1. O Malcolm Butler já teve um start na temporada passada e 2. Josh Kline começou como LG, não Shaq Mason. Mason está sendo mais utilizado em situações de corrida.

    1. Obrigado pelas correções e elogio Marco!

  3. A defesa me pareceu muito passiva o jogo todo! Me surpreendeu a forma como os nossos linebackers foram batidos varias e varias vezes, com as corridas sendo paradas somente pelos jogadores da secundária. Não lembro de ter ouvido o nome do Mayo durante o jogo. A rotação da defesa, pode ser explicada por uma falta de ritmo ou preparo físico mesmo? Precisamos ter uma defesa forte contra o jogo de corridas, pq é onde os nossos adversários de divisão estarão focados! Vocês também estão preocupados?

    1. Estamos sim Geraldo, bastante na verdade! No podcast sobre o jogo falaremos mais sobre isso!
      Obrigado pela mensagem

  4. O pass rush caiu um pouco sem o flower o rufus e com a contusão do Easley, por ser o primeiro jogo e por termos ficado a frente durante todo o tempo, acredito que o Patricia foi conservador nas blitz, podem ter certeza que no momento que precisar ele vai abrir o leque e vamos ver a melhor DL dos últimos anos. Análise perfeita, vocês estão evoluindo tanto quanto o time, só um adendo destacaria que se o Gronk conseguiu colaborar de forma diferente das habituais jardas, recepções e TDs, ele recuperou 2 fumbles, um TE recuperar 2 fumbles. não ocorre todo dia.

  5. Olá Patriotas ! Acompanho o site há algum tempo ( 2 meses ) mas é a primeira vez que comento aqui. Fico feliz por ter O lugar para poder ver, ler, e estar mais perto da NFL e claro do Patriots. Mas o grande motivo do meu comentário é parabenizar o Sidney pela análise serena da situação. Brady continua sendo Brady, e não esperava outra coisa dele, David Andrews é uma grata surpresa, e Butler precisa de todo apoio, porque Antonio Brown é com certeza um Pro Bowl. Se o ataque continuar com suas boas variações, e a defesa se ajustar temos sim totais condições de outro bi-campeonato. Go Patriots !

    1. Muito obrigado pelo comentário Marcos. Obrigado por acompanhar conosco!

  6. Longe de ser um jogo perfeito, várias preocupações principalmente na defesa. Mas temos que lembrar que normalmente o Pats é um time que começa devagar e engrena ao decorrer da temporada, tem muita coisa pra evoluir e o mais importante, temos material pra isso.
    O que me preocupa mesmo é a secundária, Butler seria ótimo como um segundo corner, mas pra ser o principal ainda não rola, é meio como ter um estagiário de muito potencial na função.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.