Péssima atuação da defesa desmonta os Patriots contra os Panthers

Patriots vencem Panthers

Na semana 4, New England Patriots e Carolina Panthers se enfrentaram no Gillette Stadium.

Os Patriots buscavam mostrar uma atuação um pouco mais segura principalmente na defesa, e enfrentar um dos piores ataques da liga ajudaria nesse sentido.

No entanto, o que se viu foi o colapso total da defesa dos Patriots, que não ofereceu resistência a Cam Newton e companhia.

Péssima atuação da defesa desmonta os Patriots contra os Panthers

Ataque

Enfrentando a melhor defesa da NFL  até aqui, os Patriots tiveram dificuldades durante grande parte do confronto.

Pressão por parte de Carolina, erros de passe e faltas foram os principais entraves ao ataque.

Mesmo com todos os problemas, os Patriots conseguiram marcar 30 pontos na melhor defesa em jardas da NFL.

Esse ataque é tão talentoso que mesmo quando encontra problemas consegue ter atuação acima da média da liga.

Tom Brady terminou com ótimos números, e se tornou o primeiro quarterback da história da liga a alcançar a marca de 1000 jardas, 10 touchdowns e nenhuma interceptação nas 4 primeiras semanas de duas temporadas.

Mesmo assim, Brady errou passes para Brandin Cooks e Dwayne Allen quando estes estavam livres, deixando de ganhar avanços significativos.

Gronk, Hogan e Amendola fizeram um bom jogo, aparecendo em momentos de dificuldade e conversões complicadas.

Apesar de algumas boas corridas de Mike Gillislee, o jogo corrido dos Patriots não foi um fator.

Deve-se, entretanto, ressaltar que, com a desvantagem no placar no último quarto, o jogo terrestre foi praticamente abandonado.

A linha ofensiva mais uma vez teve problemas, principalmente pelas pontas.

Marcus Cannon retornou após perder a última partida por contusão, mas não foi bem.

O tackle foi muito pressionado pelo veteraníssimo Julius Peppers e permitiu aguns hits em Brady.

Um ponto positivo no geral é que mais uma vez, no momento de maior necessidade, o ataque conseguiu orquestrar dois bons drives que culminaram em touchdowns.

A força mental desses jogadores impressiona, não se deixando abater pelas situações adversas.

Panthers
Os 30 pontos marcados não foram suficientes para evitar a derrota.

Defesa

Aqui reside o grande problema dos Patriots em 2017.

Por mais que o ataque tenha falhas, a defesa é a única culpada pelas derrotas para Chiefs e Panthers. Afinal, nesses jogos os Patriots marcaram 27 e 30 pontos, respectivamente.

Nada, absolutamente nada está funcionando como deveria na defesa.

O front 7 está ruim.

Não conseguimos parar corridas em situações de 3ªs descidas. Não conseguimos pressionar Cam Newton. Não conseguimos impedir que Newton resolvesse com as pernas.

Dont’a Hightower retornou, mas foi visivelmente poupado durante a partida.

Se na semana anterior Deshaun Watson foi bastante pressionado, Cam Newton teve toda a tranquilidade no pocket para encontrar seus alvos.

Trey Flowers foi o único jogador da linha defensiva que merece elogios pela atuação.

O defensive end forçou um fumble e conseguiu algumas pressões.

O único ponto positivo foi limitar Christinan McCaffrey a 33 jardas recebidas e 16 corridas.

Na secundária, o mais grave dos problemas.

Quando o time de 2017 dos Patritos foi montado, imaginávamos que a dupla Gilmore/Butler seria uma das melhores da NFL, possuindo talento para segurar os melhores recebedores da liga.

Após 4 semanas, a secundária dos Patriots é um desastre.

Todos os jogadores, inclusive o sempre bom Devin McCourty, estão jogando muito mal.

Os problemas de comunicação são frequentes e estão resultando em grandes ganhos dos ataques adversários.

Aliás, os Patriots cedem big plays como nunca cederam antes sob o comando de Bill Belichick.

Mais uma vez uma falha na comunicação entre Gilmore e McCourty gerou um touchdown adversário.

Não satisfeito com os problemas de marcação, Gilmore foi responsável pela falta que anulou um sack que daria a bola aos Patriots no fim do jogo com o placar empatado.

Deatrich Wise sacou Newton, mas uma falta (duvidosa reconheço) de Gilmore deu o first down automático aos Panthers.

Há tempo para que os problemas sejam resolvidos, ainda faltam 3 quatros da temporada.

No entanto, por mais que os nomes não sejam ruins, começa-se a questionar se, após 4 atuações tão ruins, essa unidade tem condições de jogar em alto nível.

A pressão vai aumentar logo, já que teremos uma semana curta com a vistita aos Buccaneers na próxima quinta.

Caso Belichick, Patricia e companhia não consigam resolver o problema da defesa, é demais esperar que Brady e o ataque anotem 35 pontos por jogo.

Panthers
A defesa dos Patriots esteve completamente perdida em campo.

Special teams

Destaque para o kicker Stephen Gostkowski, que acertou um field gol de 58 jardas, maior chute da história dos Patriots.

Destaques

Tom Brady: 32/45, 307 jardas, 2 TDs.

Rob Gronkowski: 4 recepções para 80 jardas.

Stephen Gostkowski: field gol de 58 jardas foi o mais longo da história dos Patriots.

Panthers
O field goal de 58 jardas convertido por Stephen Gostkowski foi o mais longo da história dos Patriots.

Como dissemos, os Patriots terão pouco tempo para sanar os problemas.

Nesta quinta, o time visita o Tampa Bay Buccaneers e seu potente ataque.

Mais uma vez a defesa será testada, e terá que dar uma resposta mais satisfatória se os Pats querem sair com a vitória.

Traremos mais detalhes no Podcast Patriotas desta quarta.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.