Conheça Phillip Dorsett, o novo WR dos Patriots

Dorsett

Em uma troca inesperada com os Colts, os Patriots enviaram Jacoby Brissett e adquiriram o WR Phillip Dorsett. Conheça o jogador:

Conheça Phillip Dorsett, o novo WR dos Patriots

No college

Phillip Dorsett ficou de 2011 a 2014 jogando pela universidade de Miami, sendo 2012 e 2014 seus melhores anos e tendo em 2013 uma lesão no joelho.

Em 2011, Dorsett não teve grandes participações na temporada, com apenas 14 recepções, 147 jardas e um touchdown.

Em 2012, Phillip recebeu mais oportunidades, com 10 jogos como titular. Nestes 10 jogos, contabilizou 58 recepções para 842 jardas e 4 touchdowns.

No ano de 2013, o WR foi atrapalhado por uma lesão no joelho, que o fez participar de apenas 8 jogos. Nestas disputas, teve apenas 13 recepções, com 272 jardas e dois touchdowns.

2014 foi seu melhor ano em números, superando 2012 em jardas e touchdowns. Com incríveis 24 jardas por recepção, Dorsett mostrou a deep threat que pode ser e se tornou um potencial de 1ª rodada. Neste ano, ele teve 36 recepções, para 871 jardas e 10 touchdowns.

Após este incrível ano, Dorsett foi escolhido na 29ª escolha geral pelos Colts, que buscavam uma arma a mais para Andrew Luck. Na época a escolha foi bastante questionada, pelo fato de os Colts terem um bom elenco na posição e terem necessidades defensivas.

Curiosamente, o DT Malcom Brown, selecionado pelos Pats, era apontado para ser a escolha de Indianopolis, todavia, o time surpreendeu e selecionou Dorsett, fazendo Belichick desistir de um trade down para pegar Brown.

Dorsett finalizou o college com 121 recepções, 2,132 jardas e 17 touchdowns.

Carreira na NFL

Na sua temporada de calouro, Dorsett teve 18 recepções, 225 jardas e um touchdown. Na última temporada, Dorsett foi um pouco melhor, com 33 recepções para 528 jardas, 16 jds/rec, e 2 touchdowns.

Mesmo sem ter funcionado em Indianapolis, Dorsett é uma contratação necessária após as lesões de Edelman e Cyrus Jones, já que além de poder atuar no slot, ele também pode retornar punts.

O que alguns podem questionar é a saída de Brissett por ele. Contudo, Jacoby seria reserva do reserva e nem entraria em campo nesta temporada. Com Dorsett, os Pats suprem a lacuna deixada por Edelman e, talvez, também a de Jones como retornador.

Uma boa deep threat, Phillip deve ser muito útil em rotas longas junto de Cooks/Hogan, chamando a defesa ou desmarcado por excesso de preocupação com as outras peças ofensivas, como Gronk.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Este post tem 5 comentários

  1. Que dê tudo certo!!! mais nessa troca eu teria preferido/pedido uma escolha de primeira rodada de 2018 (Phillip Dorsett é RD 1 de 2015). Se com Andrew Luck em 2016 eles ficaram no meio da tabela e esse ano draftaram na posição 15, imagina para o ano que vem. Ou alguém acredita no Scott Tolzien, Jacoby Brissett ou Andrew Luck depois de uma cirurgia no ombro?
    Nos já temos o nosso Speedster , na verdade 2 (Coocks e Hogan). A não ser que vamos mudar o estilo de jogo e virar um New Orleans Saints em que o Drew Brees faz 5 mil jardas.
    Talvez isso esteja sendo feito pois é difícil substituir o Eldeman, e resolveram não confiar no menino (A. Carr). Agora é esfregar as mãos e torcer muito a partir de quinta feira, e rumo ao Super Bowl LII.

  2. Dorsett vai ser nosso retornador!
    Foi uma excelente troca.
    Não tínhamos retornadores! Perdemos Eldeman e Cyrus Jones!
    Sua análise é perfeita! Parabéns Gabriel!

    1. Só um detalhe, ano passado ele não era o retornador do Colts e sim o novato WR Chester Rogers.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.