Podcast Patriotas 108 – Raio X metade da temporada

Podcast Patriotas 108 - Raio X metade da temporada

Chegamos na metade da temporada e para isso preparamos um Podcast Patriotas especial!

Podcast Patriotas 108 – Raio X metade da temporada

Recebemos Carlos Oliveira, o Cantadas NFL que é torcedor dos Patriots para juntos analisarmos a performance dos nossos atletas nesta primeira metade do ano e tentarmos responder algumas das perguntas que estão na cabeça do torcedor Patriota.

• LeGarrette Blount faz tanta falta no ataque?

Podcast Patriotas 108 - Raio X metade da temporada Ataque

• Kyle Van Noy é o grande vilão na defesa?

Podcast Patriotas 108 - Raio X metade da temporada Linebackers

• A pressão no QB adversário é pior do que nos outros anos?

Podcast Patriotas 108 - Raio X metade da temporada Front Seven

• O quanto Edelman faz falta neste ataque?

Podcast Patriotas 108 - Raio X metade da temporada First downs

• Stephon Gilmore é tão ruim quanto parece?

Podcast Patriotas 108 - Raio X metade da temporada Secundaria

Relacionados a este episódio do Podcast Patriotas:

• Concorra a brindes no Sócio Patriotas;
• Raio X como trabalha Brady em 2017;
• Raio X os números da linha ofensiva em 2017;
• Coach Scarnecchia fala sobre a OL:
• Análise da temporada de Gostkowski;
• Chutes de kickoffs e punts, uma arma dos Patriots;


O nosso programa é perfeito para quem pega ônibus, faz academia, fica parado no trânsito. Ouça nosso programa e apresente aos amigos torcedores dos Patriots. Temos certeza que vocês vão adorar!

Siga o Patriotas nas mídias sociais, twitterfacebook e Youtube que por lá vamos atualizando nossos leitores com notícias rápidas e no momento do acontecido.

Conheça nossas análises em vídeo na coluna De Dentro do Campo.

Fotos capa: patriots.com
Locução Vinheta: Paulo Siqueira

Podcast Patriotas 108 – Raio X metade da temporada – Ouça no player abaixo:

Download

Clique aqui para saber como receber os episódios direto em seu celular.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Este post tem 4 comentários

  1. Eu acho que a grande diferença no ataque do ano passado é que o bennett fez muito bem o papel substituindo o gronk, claro que não são do mesmo calibre, mas esse ano não tem ninguém que chegue nem perto da produção e característica do edelman. Concordam?

  2. Parabéns pelo trabalho galera do NE Patriotas!!
    Sempre acompanho as matérias e podcasts, sendo no carro, ônibus ou trabalho.
    Gostaria de fazer alguns comentários sobre a análise da secundára e talvez vocês possam comentar e dar a análise de vocês sobre se quiserem.

    1ª – Corner 1 – vítima do sistema?
    Quando vocês comentam isso vocês comparam o desempenho dos Corner 1 desse ano com 2015 e 2016.
    Não seria interessante comparar com outros jogadores como Revis (2014) e Talib (2013) pra ter uma base melhor pras conclusões?
    Afinal o Gilmore acabou de chegar e está tendo claramente dificuldade de assimilar o sistema, o que afeta a análise do desempenho dele, e só tivemos o Butler nesses 3 anos podendo ser o caso dele ser apenas um CB1 de nível “ok” e que vai ceder mais jardas independente do sistema.
    Comparando o desempenho de mais jogadores nessa posição poderiamos concluir com mais certeza se é o sistema ou não, porém são dados antigos e não sei se vocês registram tudo isso desde lá.

    2ª – Defesa “bend but dont break”

    Creio que a nossa defesa trabalha no conceito de bend but don’t break, onde procuram evitar big plays mas acabam cedendo muitas jardas em drives mais longos com o objetivo de capitalizar nos erros dos oponentes, como resultado disso os Patriots normalmente não estão bem no rank de jardas cedidas mas sim no de pontos cedidos.
    Considerando isso não seria interessante também ter feito uma análise de turnovers e pontos cedidos pra ter uma imagem melhor da defesa?

    Desculpa se estou sendo chato, mas foram pontos que surgiram enquanto escutava o podcast.
    Mais uma vez parabéns pelo trabalho e sucesso!
    GoPats!!

    1. Muito obrigado pelo elogio!

  3. Do LeGarrette Blount a unica coisa que eu sinto falta é que quando preciso ele era um excelente OL, sempre ajudou muito nos bloqueios. Mas como estamos falando de RB, não é esse o caso. Nosso grupo de RB deve ser o melhor da liga.

    De LB eu tenho uma posição formada, nenhum deles é ágil suficiente tanto contra o passe e muito menos para cobertura do jogo corrido. Sem o Hightower e agora sem o Shea McClellin não sei como vamos ficar.

    Pressão no QB adversário: quando eu leio que BB quer que Trey Flowers faça cobertura de passes, assunto esse que foi o motivo da saída do Kony Ealy por ter se negado. O que percebo é que nossa DL não é TEMIDA e por isso do outro lado não se usa TE e muito menos RB pra ajudar nos bloqueios, pois eles sabem da dificuldade que temos pra gerar pressão e sacks.
    Ai eu emendo na situação da secundária (CB e Safety) vem a cabalaria toda pra cima deles e com tempo de movimentação para receber passes.
    Fazendo uma comparação com a defesa de 2016, que os numeros deziam ser a melhor da liga em pontos cedidos, números esses que eram bem MASCARADOS por causa da tabela que enfrentamos.

    Da mesma forma que o Brandin Cooks esticaria o campo para o jogo curto (principalmente do Eldeman), e o jogo curto do Eldeman encurtaria o campo (para o jogo do Brandin Cooks) e é isso que está faltando com a ausência dele, eu insisto, está faltando alguém para fazer esse tipo de jogo. Eu tenho PAVOR das bicudas que o Brady vem mandando.

    Essa segunda metade de campeonato talvez seja mais difícil que a primeira, pois teremos os 2 próximos jogos bem difíceis e fora de casa, mas na frente jogaremos em MIAMI no calor de dezembro, ainda temos os 2 confrontos com esse surpreendente Bills e Stellers fora de casa.
    E eu que pensava que as 6 vitórias de dentro da AFC East seria moleza!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.