Precisamos falar de Jakobi Meyers

O calouro UDFA chegou à Nova Inglaterra sem muitos holofotes, tem se colocado no time de forma discreta e aos poucos vem mostrando seus pontos fortes. Sobreviveu aos primeiros cortes do elenco, fez uma boa pré-temporada e após a lesão no joelho e no tornozelo de Josh Gordon, ganhou a oportunidade de atuar temporariamente como o WR número três dos Patriots.

Precisamos falar de Jakobi Meyers

Com uma defesa esmagadora e provocando medo no QB adversário, fica difícil visualizar todo o cenário que envolveu o último MNF. Mas podemos destacar uma leve melhora no time ofensivo, apesar dos desfalques. Meyers com absoluta certeza, foi uma das peças, mesmo com atuação discreta, que contribuiu para essa melhora.

No jogo contra os Giants, com Dorsett enfrentando uma lesão no posterior da coxa e Gordon saindo no meio do jogo, Meyers registrou quatro recepções nas quatro vezes em que foi alvo somando 54 jardas.

Na noite da última segunda-feira, durante o MNF substituindo Josh Gordon, foram cinco recepções das cinco vezes em que foi alvo somando um total de 47 jardas, uma taxa de 86,7% de recepções nessa temporada.

É bem verdade que não são números impressionantes, mas no geral, para um calouro colocado em um time tão cobrado com o Patriots, com um QB como Brady e um time ofensivo que apresenta tantos desfalques tanto por lesões quanto de encaixes, essa era uma oportunidade de ouro para Meyers.

Além das cinco recepções, Meyers ajudou a desenhar duas penalidades defensivas cometidas pelos jogadores dos Jets em momentos cruciais da partida, ambas em terceiras descidas: uma na end zone e outra em um bloqueio chave em um play action para um avanço de 14 jardas de Julian Edelman em uma terceira para dez, tudo isso com poucos treinamentos com o time ofensivo principal.

Seu começo de temporada é comparado ao começo de Malcolm Mitchell, que no seu ano de calouro, chegou aos Patriots com números discretos, mas que teve um desempenho formidável contra os Falcons no Superbowl.

Após o MNF, durante entrevista, quando perguntado sobre essa comparação, Meyers não quis entrar no assunto e apenas respondeu:

“Sabíamos da situação de Gordon durante a semana, então eu tinha que ter certeza que estaria onde Tom precisava que eu estivesse e que não houvesse queda na qualidade do time ofensivo”.

Sobre como se sentiu em campo, Meyers foi bem aberto:

“Já estou bastante confiante em mim mesmo, mas espero que eu esteja dando confiança aos meus companheiros de equipe e dando confiança aos meus treinadores e que eles possam ver o que eu posso fazer”.

Meyers sempre acompanhou os treinamentos, mas sem uma participação efetiva com Brady, mas essa semana antes de enfrentar os Jets, ele intensificou os treinamentos com o QB para melhorar a sintonia:

“Eu diria que como são os Patriots, não temos uma desculpa aqui. Então se eu fosse entrar e não estivesse pronto porque não tinha nenhum treinamento com o Tom, isso seria ruim da minha parte”.

Quando perguntado sobre o crescimento de Jakobi Meyers no time ofensivo, durante a entrevista coletiva pós jogo, Brady se mostrou orgulhoso do calouro:

“Ele fez um ótimo trabalho aproveitando as oportunidades. Vou continuar jogando a bola para ele. Ele faz um bom trabalho ao se abrir e eu sempre vou tentar jogar a bola para o cara mais aberto”.

Apesar de Josh Gordon ter sido colocado na IR, é provável que Meyers possa perder espaço com a chegada do WR Mohamed Sanu e a iminente volta de N’Keal Harry. O calouro entende que ainda tem que trabalhar muito para conseguir a confiança total do QB dos Patriots a ponto de estar no seleto grupo de offense players principais:

“Ah, não, ainda não estou lá, mas definitivamente estou melhorando a cada dia e um jogo não irá me fazer chegar lá… Tenho que treinar e fazer isso dia após dia e continuar mostrando a ele (Brady) que posso ser confiável, consistente… todas essas coisas”.

Não é fácil conseguir o padrão de excelência New England, mas determinação para melhorar, Meyers ao menos vem demonstrando.

E você torcedor Patriota, consegue ver algum futuro para Meyers no time? Deixe sua opinião nos comentários abaixo e continuem acompanhando a equipe Patriota nas redes sociais TwitterFacebook e Instagram para mais informações.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Este post tem um comentário

  1. “Muito provável que Meyers irá perder espaço com a chegada do WR Mohamed Sanu e as voltas de Gordon e Harry, o calouro entende que ainda tem que trabalhar muito …”

    Mas Gordon não foi para a IR, o impossibilitando atuar mais nesta temporada?

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.