A preparação de Garoppolo

De acordo com a atual ordem das coisas, Tom Brady não poderá participar dos quatro primeiros jogos da temporada 2016 da NFL. Caso a situação não seja alterada pelos tribunais americanos, seu reserva, Jimmy Garoppolo, comandará o ataque dos Patriots por um quarto da temporada.

O que se passa na cabeça de Garoppolo neste momento? Como ele encara as responsabilidades que se apresentam e como se prepara para elas? São perguntas que provavelmente transitam os pensamentos da maioria da torcida Patriota.

Para obter algumas dessas respostas, nada melhor que ouvir alguém que acompanha de perto Jimmy Garoppolo: seu pai, Tony.

A preparação de Garoppolo

Tão logo foi draftado pelos Patriots, Jimmy Garoppolo automaticamente foi agraciado com uma oportunidade rara: aprender as nuances do jogo diretamente de um dos maiores quarterbacks da história da NFL.

Após dois anos trabalhando e aprendendo com Tom Brady, Garoppolo já demonstra ter incorporado algumas das práticas de seu mentor. Nas palavras de Tony Garoppolo:

“Ele foi para a Califórnia (treinar na offseason) assim como fez nos últimos dois anos. Ele lançou para Danny (Amendola). Eu não tenho certeza de que Jules (Edelman) tinha condições de treinar naquela época, mas havia outros recebedores. Ele aproveitou esse momento.”

Essa não foi a única prática que Jimmy G. aprendeu com Brady. Uma das principais lições diz respeito a manter a mentalidade de sempre estar pronto para atuar se for necessário, independentemente da situação.

Assim, ainda que Brady não estivesse suspenso, Garoppolo treinaria como se fosse atuar.

“Ele se prepara como se estivesse competindo para ser o titular. Ele entende a situação. O que mais ele pode fazer? Dar o seu melhor.”

Tony Garoppolo disse que seu filho vem melhorando seus lançamentos a cada ano, mostrando evolução em seus treinamentos. O que tem contribuído para essa melhora?

“Eu acho que é conviver com o jogo profissional, e estar por perto de Tom. Apenas em estar com ele você absorve as coisas se prestar atenção. O cara faz tudo muito bem.”

Os treinos apenas começaram, mas os jornalistas que tiveram acesso atestam que Jimmy Garoppolo realmente melhorou em relação às duas últimas temporadas. Jimmy G tem sido mais decisivo nas suas leituras e tem se livrado mais rapidamente da bola.

“Lançar a bola não é a parte mais difícil. É a tomada de decisão e a postura no pocket. E quem melhor para ensinar isso que Tom?”, disse Tony Garoppolo. E continua “eu acho que Jimmy sente que melhorou no aspecto mental, fazendo leituras mais rápidas e estando mais confortável”.

Garoppolo
Segundo seu pai, Tony, Jimmy Garoppolo está pronto para comandar o ataque dos Patriots.

A titularidade da posição de quarterback nos Patriots depende, como dissemos, da decisão dos tribunais. Uma decisão em favor de Brady e Garoppolo pode ter novamente (como ocorreu em 2015) a decepção de não ser o titular.

Não há dúvidas de que Jimmy quer jogar, mas o atleta tem maturidade suficiente para entender o contexto em que está inserido. Tony Garoppolo está tranquilo em relação a isso:

“Claro, ele quer jogar. Você não chega lá se não quiser jogar. Mas eu acho que ele compreende a situação em que se encontra. Quando ele tiver sua chance, estará pronto.”

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.