Preview Semana 1: Mac Jones terá que vencer a secundária dos Dolphins

O momento decerto esperado por todos chegou. A primeira semana de football da nova temporada da NFL. No preview da semana 1 mostramos que Mac Jones terá que vencer a secundária dos Dolphins para os Pats estrearem com vitória.

Instagram Fã Clube Patriotas

Dupla de cornerbacks dará trabalho

Why the Jacksonville Jaguars Shouldn't be Players in the Xavien Howard  Market - Sports Illustrated Jacksonville Jaguars News, Analysis and More

Com toda a certeza a defesa dos Dolphins pode não assustar nos números. Afinal foi apenas a 23ª contra o passe, cedendo em média 251,5 jardas pelo ar.

Porém a habilidade de forçar turnovers de Miami torna sua unidade defensiva muito perigosa, ainda mais para um quarterback novato como Mac, que recebeu elogios em coletiva nessa semana.

Na temporada passada os Dolphins acumularam 18 interceptações, ficando em primeiro lugar no quesito, ao lado de Patriots, Steelers e Saints.

Esse poder de roubar a bola certamente se concentra na figura da ótima dupla de CBs da franquia: Xavien Howard e Byron Jones.

Enquanto Howard acumulou 10 interceptações e 20 passes desviados, Jones agarrou a bola duas vezes apenas. No entanto o baixo número mostra que os QBs evitam o camisa 24 dos Dolphins.

Para auxiliar a dupla o treinador Brian Flores costuma apressar o passe usando a blitz (utilizada em 40,8% dos snaps em 2020), principalmente com o LB Jerome Baker.

Decerto o DE Emmanuel Ogbah também auxiliará no pass rush, porém os Dolphins sentirão a falta de Van Noy, terceiro do time em sacks na última season.

Assim sendo, Mac Jones terá que driblar as boas armas de Miami e não se confundir com as diferentes formações que serão enviadas por Flores, para assim conseguir dinamitar a defesa rival.

Se Miami voltar para a Flórida sem nenhuma interceptação na bagagem será muito difícil para eles iniciarem a temporada com uma vitória.

Pass rush será importante para desacelerar Waddle e os Dolphins

De fato o ataque de Miami deve melhorar nesse ano. Inseguro em 2020, Tua teve uma offseason para estudar e agora possui boas armas nas mãos.

Se outrora contava basicamente com o WR DeVante Parker e o TE Mike Gesicki, agora o jovem QB possui o excelente Jaylen Waddle ao lado.

O prospecto de Alabama apresenta características terríveis para qualquer defesa. Dessa forma Belichick terá que arrumar uma forma de atrasá-lo.

Muito rápido, Waddle possui um estilo parecido ao de Tyreek Hill, ou seja, muita velocidade e rotas percorridas com excelência.

Assim os Patriots terão que contar com Jonathan Jones no duelo e talvez com a ajuda de um safety a fim de amenizar impacto do camisa 17.

Sem Gilmore, J.C. Jackson será encarregado de Parker, enquanto a boa dupla de safeties Phillips e Dugger ficarão com Gesicki.

No entanto há outra arma que Belichick certamente utilizará no jogo: seu pass rush. Como os Dolphins não correm tão bem, apressar o passe impactará de maneira enorme o clássico.

Para isso os Pats podem aproveitar uma possível ausência do LT Austin Jackson, que talvez desfalque Miami por problemas relacionados ao Covid.

Caso ótimos jogadores como Judon, Van Noy e Hightower pressionem Tua é provável que os recebedores não produzam tanto. Assim sendo o QB pode vir a cometer erros que deixem New England em boas posições.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.