Preview Semana 4: Patriots recebem seu inimigo íntimo, Tom Brady

Após a derrota dolorida para os Saints, New England volta a campo no próximo domingo (3), às 21:20, no Gillette Stadium. Decerto a partida é especial, pois os Patriots receberão seu inimigo íntimo, Tom Brady e falaremos sobre isso no preview da semana 4.

Instagram Fã Clube Patriotas

Amenizar o poderio de Brady será essencial

Rams hand Tom Brady his 1st loss with 400 yards and 0 INT

Com toda a certeza sabemos bem a capacidade de Brady em comandar um time. Jogando ao lado de grandes skill players o camisa 12 será um páreo duro.

Ao logo de 3 semanas o QB comanda o melhor ataque da liga em pontos por jogo (34,3) e o segundo melhor ataque aéreo (349,7 jardas por jogo).

Certamente Belichick terá que encontrar uma maneira de conter Evans, Godwin, Brown e Gronk para buscar uma vitória no próximo final de semana.

Para isso o head coach pode procurar utilizar pacotes com mais defensive backs em campo, dificultando a vida de Brady ao passar a bola.

A estratégia pode ser impulsionada pelo fraco desempenho do jogo terrestre de Tampa, que possui o segundo pior ataque via solo da liga até o momento.

No entanto será fundamental que o front 7 de New England seja eficiente pressionando Brady, visto que o veterano é imparável com tempo no pocket.

Já na secundária o trabalho terá que ser perfeito. Jonathan Jones se encarregará do ótimo Godwin, enquanto Evans terá que ter atenção dobrada.

O camisa 13 de Tampa é muito alto (1,96m), dessa forma talvez Belichick escolha Williams para marcá-lo, sendo ajudado por um safety o tempo todo.

Outra opção é utilizar o melhor CB da equipe, J.C. Jackson, para usar seu jogo físico contra Evans e – quem sabe – roubar bolas de Brady e mudar o jogo.

OL pode oferecer a Mac Jones grandes possibilidades

Mac Jones recusa bola do 1º TD na NFL: "Precisamos pontuar mais" | futebol  americano | ge

De fato a linha ofensiva dos Patriots vem tendo um começo de season bem ruim. Contra Tampa as coisas precisam mudar para uma vitória ser possível.

No domingo a unidade enfrentará a defesa que mais utilizou a blitz ao longo dessas 3 semanas. Esse tipo de jogada tem sido um pesadelo para Mac Jones.

Como alento para os Pats, o pass rush de Tampa não tem funcionado bem em 2021. São apenas 3 sacks nas 3 primeiras partidas da temporada (pior número da liga).

Outra boa notícia é a provável ausência do excelente DE Jason Pierre-Paul, que ainda se recupera de uma lesão no ombro e deve perder o duelo.

Dessa forma, para vencer o time de Brady há uma grande brecha defensiva que pode ser explorada por Mac Jones: a secundária de Tampa.

No momento os Buccaneers possuem a pior defesa contra o passe de toda NFL, cedendo em média 338,3 jardas aéreas por partida para os oponentes.

Mas não é apenas pelo desempenho ruim da secundária que os Pats terão que apostar no passe. Jones – mais uma vez – não deve ter grande ajuda do jogo terrestres, visto que Tampa possui a quarta melhor defesa via solo da NFL.

Com isso o ataque terá que funcionar como um relógio, com todos fazendo seu trabalho corretamente para que o ataque flua bem durante o jogo.

Uma OL produtiva, somada ao bom trabalho dos recebedores pode fazer com que Mac Jones tenha uma grande noite contra Brady e New England possa brigar pela vitória.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.