Problemas pela frente na posição de linebacker

A temporada 2014 começou com uma certa tranquilidade na posição de linebacker. O New England Patriots tinha um trio formado pelo experiente Jerod Mayo e por duas estrelas em ascensão, Dont’a Hightower e Jamie Collins.

Quando Mayo rompeu o tendão patelar na semana 6 contra o Buffalo Bills, muitas dúvidas surgiram em relação a Hightower e Collins, se eles poderiam sustentar o fardo da posição. No entanto, os dois jovens atuaram muito bem e ajudaram os Patriots a sustentar uma das melhores defesas da NFL.

Na semana 13, contra o Green Bay Packers, Hightower sofreu uma contusão no ombro. Apesar de grave, o fato de o time já não contar com Mayo fez com que Hightower jogasse no sacrifício, permanecendo no meio da defesa até a vitória no Super Bowl XLIX.

Passada a temporada, Hightower foi submetido a uma cirurgia para reparar o labro rompido em seu ombro, e esse fato gera uma delicada situação para o time de New England.

As notícias iniciais indicam que o prazo para a recuperação de Hightower é de 6 a 7 meses. Na pior das hipóteses, o jogador apenas estaria recuperado da lesão às vésperas do jogo de abertura da temporada 2015, perdendo toda a pré-temporada.

Com isso, os Patriots perdem força em relação à negociação do contrato de Mayo.

Com um impacto de U$ 10,2 milhões no teto salarial do time em 2015, U$ 10,4 milhões em 2016 e U$ 9,5 milhões em 2017, não há dúvidas que os Patriots tentarão renegociar o contrato de Mayo a fim de liberar espaço no cap. O time teria como vantagem na negociação o fato de que Hightower e Collins deram conta do recado com a ausência de Mayo.

Agora a situação é completamente diferente. Com Hightower um bom tempo fora, os Patriots não podem simplesmente dispensar Mayo caso este se recuse a ter seu salário diminuído. O time precisa do jogador.

Se a lesão de Hightower tirou uma parcela de força dos Patriots na negociação com Mayo, por outro lado, Mayo também se recupera de uma grave lesão no joelho, e certamente perderá as primeiras atividades da pré-temporada.

É sabido que esses prazos para recuperação de lesões são bastante variáveis, e muitos atletas conseguem se recuperar antes do previsto.

Não obstante, Bill Belichick tem um belo problema nas mãos e terá que tomar decisões difíceis para manter forte a posição de linebacker para a temporada 2015.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Este post tem 3 comentários

  1. Mayo apesar de idolo deve ser dispensado. É a segunda temporada seguida que fica fora com lesão, assim como ridley.

    1. Tbm fico preocupado com essas constantes lesões do Mayo. Belichick irá ter de mostrar seu diferencial nessa caça por talentos para a temporada 2015 para suprir as muitas necessidades que estão por vir.

  2. Creio que ele é um jogador com grande potencial para reestruturação do contrato. Ele tem muito talento, líder em tackles pela equipe quando jogou toda a temporada, fora que é um líder e o responsável pela organização da equipe. Tem muito valor no vestiário como em campo. Mas o valor de aproximadamente U$ 10,2 milhões no cap é alto, principalmente pelos dois anos de lesão. Dilema para a staff do Patriots

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.