Rafael Belattini: É hora de voltar a sofrer

Belattini

Depois de um ano como meros expectadores, relaxando nos finais de semana e apenas apreciando a emoção dos playoffs, é hora de voltar à briga. 

Ainda não consigo entender como os torcedores rivais viviam dizendo que torcer para os Patriots era uma “grande moleza”. Oras, eles que falassem isso para meu cardiologista de plantão em janeiro. 

Por mais que tenhamos passado quase uma década sem conquistarmos o Super Bowl, New England era sempre visto como o time a ser batido no mata-mata, e não era fácil para o torcedor. 

Vocês sabem muito bem: se vencíamos, não tínhamos feito nada mais do que a obrigação; uma derrota, contudo, era motivo para um enorme carnaval dos adversários. 

E pouco importava se você tivesse ponderado pontos fortes de rivais, apontado o fato do adversário ter um Peyton Manning, por exemplo, do outro lado, ou ter até apostado que o favoritismo estava com o rival. 

Tudo era visto como “falsa modéstia”, “zica invertida”, e em caso de derrota iriam mandar você “engolir a arrogância” que você nunca demonstrou. 

Esses tempos se foram com a Dinastia. Ao menos é o que eu espero. 

Pois estou ansioso pelo jogo de sábado e acredito que o favoritismo não tem como não estar nas mãos do Buffalo Bills, que disputou a última final de conferência e mais uma vez levou o título da divisão. 

New England ainda se reconstrói e terá Mac Jones tentando ser o primeiro QB calouro a vencer um jogo de playoffs desde Russell Wilson em 2012. 

É inegável que tivemos momentos com muito mais confiança do que o atual, quando temos aquela sensação de que a “bye week” fez muito mal para esse time.

No último domingo novamente nos deparamos com um Patriots que começa de forma muito lenta a partida, se vê em um buraco grande e não consegue finalizar a uma reação que é capaz até de esboçar. 

Faltas tolas (e uma enormidade de flanelas que não jogam a nosso favor) e erros que não víamos de forma alguma, ou por acaso você consegue se lembrar de outras formações ilegais na hora de punts?

A desconfiança, como sempre, vem acompanhada da torcida para que os erros tenham acontecido na hora que poderiam e que as lições sejam aprendidas para a hora que realmente é proibido errar.

Mas os erros contra os Colts não impediram aqueles contra os Bills na semana seguinte, não é?

Então a gente enche o peito de fé, dá uma risadinha dos rivais que tropeçam nas próprias pernas – parabéns Colts, e ótima decisão, Dolphins – e aguarda por uma noite feliz no sábado, que permita-nos curtir um grande domingo e voltar a apertar o coração na próxima semana. 

Somos “franco atiradores” como nunca, mas quem sabe a sombra do passado assustem quem tantas vezes já se assustou com nossa camisa?


Foto de capa de Adam Glanzman/Getty Images.

Clique aqui para acompanhar o Patriotas no Instagram.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.