Rafael Belattini: Quando voltamos a incomodar

Chegamos à metade da temporada e as coisas definitivamente parecem boas para o New England Patriots.

Se a sétima posição na AFC – que daria a última vaga de wild card no momento – ou a disputa aberta pelo título da divisão não te convencerem da força dessa equipe, existe sim um outro indicativo que mostra o quanto ela incomoda.

Instagram Fã Clube Patriotas

O grande número de pedidos por uma suspensão de Mac Jones pela imbecil atitude que o quarterback tomou contra Burns, defensor dos Panthers, é um claro sinal de que tem gente preocupada em ver os bons dias voltando à Foxboro.

Sem passar pano para ninguém, o que o calouro fez foi algo irresponsável e passível de punição.

Acontece que a NFL não é o STJD e a punição para um lance faltoso enquanto a bola está em jogo é uma flanela – que não rolou – e uma multa após a revisão do lance. Não importa se o adversário saiu machucado ou não.

Basta olhar o que rolou com Devin White, que cometeu uma falta pesada contra Jameis Winston na outra semana e acabou multado em cerca de US$ 26 mil, por mais que o QB dos Saints tenha visto sua temporada acabar naquele momento.

Com o sorriso no rosto por saber que os capacetes prateados voltaram a causar calafrios, vamos olhar bem o que nos faz acreditar nessa equipe.

Para mim não existem dúvidas de que o grande pilar desse time é mais uma vez a defesa.

Se eu tinha muita expectativa para este setor antes do começo da temporada, vejo que ele vai tomando corpo a cada rodada. Se no todo ainda não é aquilo que eu esperava, em alguns aspectos ele já é capaz de superar a projeção.

Porque se eu não posso me empolgar quando alguém intercepta o Sam Darnold – afinal, quem não faz isso? – basta voltar uma semana para lembrar que a vítima já foi Justin Herbert.

A criatividade do comando segue me encantando, pois todos os quartebacks parecem ter dificuldade em entender o que vai acontecer quando rolar o snap.

Matthew Juddon foi, sem a menor sombra de dúvidas, a melhor aquisição da free agency, enquanto devemos agradecer aos rivais por terem deixado Chis Barmore disponível para a segunda rodada.

Se você criticava tanto a atuação do time nos últimos drafts – toc, toc, toc na madeira para não zicar – parece que não tem motivos para reclamar dessa vez.

Tal genialidade, porém, parece estar em falta quando o assunto é o ataque, que pouco vem colaborando nas últimas duas semanas. Deixamos até de dizer que falta soltar Mac Jones, porque não parece só ser essa a questão.

Os recebedores não passam confiança e até Jakobi Meyers parece dar passos atrás. Porém, os tight ends se apresentaram, e o que falar dos running backs?

Depois de tanto apostar na força do backfield antes da temporada começar, e tanto criticar os erros do backfield quando a temporada começou, agora parece que voltamos a ter motivos para sorrir.

A temporada está só na metade, mas os sinais são positivos e devemos aproveitar os bons momentos.

Afinal, não somos mais aquela dinastia que devia se importar com o que veria em janeiro.

Mas quem sabe não voltamos a ser?

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.