Rafael Belattini: Todos a bordo para o trem do hype do Cam

Newton

Ah, nada como o cheiro de carro novo. Pois foi exatamente isso o que deu para sentir no (lamentavelmente) vazio Gillette Stadium. 

Acredito que muita gente ficou com aquele sentimento de que estava errado gostar tanto da partida contra o Miami Dolphins como deu para curtir. Se não foi um espetáculo, algo para ser cantado em poesia e verso daqui 10 anos, foi algo excitante, que deixou o gosto de quero mais. 

Rafael Belattini: Todos a bordo para o trem do hype do Cam

E podemos voltar à analogia do fim de um longo relacionamento amoroso. Passamos os últimos anos sabendo exatamente o que esperar e recebíamos exatamente aquilo que queríamos. Ficávamos felizes, mas agora é diferente. 

Bill Belichick mostrou que ainda sabe fletar e convenceu um ex-MVP a vir por um salário mínimo de veterano, enquanto Cam Newton quer mostrar que foi um absurdo ficar 86 noites desempregado. 

Um namoro novo como este faz com que ainda tenhamos aquela sensação de culpa com o antigo parceiro, mas o passado deve ficar no passado, e Super Cam está aí para nos salvar do que poderia ser um ano de ressaca. 

Toma read option pra desespero do teu ex

Eu pagaria bastante dinheiro para ver como foi o processo criativo de Josh McDaniels para elaborar o novo playbook. Afinal, Cam trouxe uma dinâmica que só estávamos acostumados a ver no time dos outros. 

Aposto que não fui apenas eu que demorei mais de um quarto para parar de me perder tanto nas read options! O câmera se atrapalhou um bocado, caindo no fake do quarterback. 

É claro que me preocupa a condição física do camisa 1 e acho improvável que ele siga correndo 15 vezes por jogo, mas esse cartão de visitas já mostra para os rivais que você não pode bobear com esse novo homem under center

Ajustes são necessários

Se no chão a coisa parece linda, a bola voando ainda não empolga. Um reforço para o corpo de recebedores não cairia nada mal, mas também entendo que Cam e os Patriots ainda estão se conhecendo, então a coisa pode melhorar. 

O terceiro quarto foi realmente empolgante, com campanhas geniais. Só que tudo foi quase por água abaixo com o flumbe de N’Keal Harry, que deu uma sobrevida para os Dolphins.

Sorte a nossa que a secundária parece estar na velha forma, mesmo com as interferências no passe bem marcadas e a que deixou de ser assinalada pela arbitragem.

Os Dolphins, como prevíamos, não são time para playoffs, mas me pareceram um pouco melhor do que no ano passado, quando conseguimos aquela proeza de perder e complicar nossas vidas nos playoffs. Então, pelo menos dessa vez fizemos nossa parte. 

Uma lição para nós mesmos

Depois de me divertir com os Patriots, fui dar uma conferida no restante da rodada e é claro que não pude deixar de ver Tom Brady em ação pelo Tampa Bay Buccaneers. 

Fiz alguns comentários no meu Twitter em cada uma das interceptações, ironizando terem sido falhas de rota do Harry, do Edelman, ou então uma chamada ruim do Josh McDaniels. 

Fui, é claro, criticado por algumas pessoas, mas não se trata de rancor com Tom Brady. Era uma ironia com nós mesmos, que passamos 2019 todo buscando culpados para os erros que o camisa 12 pode ter cometido sozinho.

Fã Clube Oficial Patriotas reconhecido nos Estados Unidos pela New England Patriots

Brady claramente não está na mesma página que os recebedores de Tampa e sofre também por não ter tido uma pré-temporada usual, com todas aquelas sessões de treinos em que ele ajusta cada um dos alvos. Mas ele também é culpado. 

O tempo passa para todo mundo e a conta chega. Mesmo que você seja um comedor de sorvete de abacate. 

Assim como devemos ter calma com a empolgação em Foxboro, não é o fim do mundo para Tampa. A semana um vende muitas mentiras – como nos vendeu no ano passado, lembram? – e tudo pode mudar ainda. 

Só que a culpa, definitivamente, não era só nossa. 


Rafael Belattini é jornalista com passagem pela ESPN e cobertura de dois Super Bowls. No Patriotas, Belattini escreve sua coluna semanalmente para falar sobre o seu time do coração, o New England Patriots. Siga Rafael Belattini no twitter.

Acompanhe o Patriotas no Instagram clicando aqui.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.