Raio-X completo do ataque dos Pats para a temporada 2019

ataque dos pats

Como será a vida do ataque dos Pats pós-Gronkowski? A linha ofensiva conseguirá manter a excelência de 2018? O jogo corrido será ainda mais utilizado? São várias as dúvidas que permeiam na cabeça do torcedor Patriota em relação ao ataque do time para 2019. Portanto, faltando menos de cinco dias para a estreia na temporada, trazemos um raio-X completo do sistema ofensivo da equipe. Confira:

Raio-X completo do ataque dos Pats para a temporada 2019

As mudanças no elenco em comparação à temporada passada

Quarterbacks:
– Chegou: Jarrett Stidham
– Saiu: Brian Hoyer e Danny Etling
Running Backs:
– Chegou: Damien Harris e Brandon Bolden
– Saiu: Jeremy Hill
Wide Receivers:
– Chegou: N’Keal Harry, Demaryius Thomas, Jakobi Meyers e Gunner Olszewski
– Saiu: Chris Hogan e Cordarrelle Patterson
Tight Ends:
– Chegou: Benjamin Watson, Matt LaCosse e Lance Kendricks
– Saiu: Rob Gronkowski, Dwayne Allen e Jacob Hollister
Linha Ofensiva:
– Chegou: Korey Cunningham, Jermaine Eluemunor e Russell Bodine
– Saiu: Trent Brown, LaAdrian Waddle e Brian Schewnke

Como está projetado o time titular?

QB: Tom Brady
RB: Sony Michel
FB: James Develin
WR: Julian Edelman
WR: Josh Gordon
TE: Ben Watson
RT: Marcus Cannon
RG: Shaq Mason
C: Ted Karras
LG: Joe Thuney
LT: Isaiah Wynn

O MVP

Resultado de imagem para TOM BRADY super bowl

Aos 42 anos, Tom Brady está indo para sua vigésima temporada da carreira, e não há indícios que essa seja a última, para desespero dos rivais.

O maior jogador de todos os tempos encorporou mais massa muscular nessa offseason, com o intuito de absorver melhor as pancadas que virá a sofrer. Assim como em 2018, Brady não participou dos treinos voluntários, mas esteve presente em todos os dias do minicamp, training camp e na semana três da pré-temporada, não demonstrando nenhum sinal de declínio, pelo contrário.

É indubitável que o sucesso ou não dos Patriots em 2019 passa mais pelas mãos do camisa 12 do que das de qualquer outro jogador do elenco. Contudo, podemos ficar tranquilos em relação a isso, pois não há motivos para duvidar do G.O.A.T.

A principal aposta

Resultado de imagem para sony michel patriots super bowl touchdown

Autor do touchdown do título do Super Bowl LIII, o segundanista Sony Michel tem tudo para ser o principal motor do ataque dos Pats em 2019. Livre das lesões que o atormentaram ano passado, Michel teve um training camp todo para se desenvolver, e (re)adicionou o jogo aéreo a seu repertório.

O produto de Georgia teve 64 recepções no college, mas em seu primeiro ano de NFL não conseguiu ser um fator nesse aspecto do jogo. Agora, a expectativa é que o camisa 26 seja ainda mais envolvido no playbook de Josh McDaniels.

Ademais, vale destacar a profundidade da posição no elenco, que além de Sony Michel conta também com o consagrado James White, o versátil Rex Burkhead, o calouro Damien Harris e o special teamer Brandon Bolden.

O ponto de interrogação

Resultado de imagem para patriots offensive line

A grande dúvida que rodeia o ataque dos Pats é de como irá se comportar a linha ofensiva do time mediante as perdas de Trent Brown e David Andrews.

Embora Isaiah Wynn tenha sido bastante elogiado no training camp, é preciso reiterar que ele nunca jogou uma partida como profissional, e a inexperiência somada à pressão de proteger o lado cego de Brady podem assombrá-lo nas primeiras rodadas.

Além do mais, a ida de David Andrews para a Injured Reserve tirou o principal cérebro da OL Patriota. Apesar de Ted Karras já ter dado conta do recado quando precisou entrar, ele não tem a perfeita sincronia desenvolvida entre Andrews e Brady. Assim, o recém-chegado Russell Bodine pode assumir o posto de center titular caso Karras não corresponda.

O elo fraco

Resultado de imagem para patriots tight ends 2019

A missão (impossível) de suprir o buraco imenso aberto com a aposentadoria do futuro Hall da Fama Rob Gronkowski não chegou nem perto de ter sucesso. Nem mesmo para amenizar a situação.

Sem fazer nenhuma troca por um tight end de calibre e tampouco investir no Draft, os Pats estão apostando suas fichas num velho conhecido: Benjamin Watson. Com 38 anos, o veterano deixou a aposentadoria para se aventurar em mais uma passagem por Foxborough.

No entanto, Watson está suspenso dos quatro primeiros jogos, assim, as opções na posição estão ainda mais escassas, com Matt LaCosse sendo projetado para ser o principal recebedor e Ryan Izzo o mais bloqueador. Dessa forma, a expectativa inicial é que o setor de TE não seja tão envolvido no playbook como era até ano passado, por motivos óbvios.

Mas os WRs podem compensar

Resultado de imagem para julian edelman super bowl mvp

Se entre os tight ends a situação está dramática, o mesmo não pode se falar dos wide receivers. Liderado pelo ídolo Julian Edelman, o grupo é um dos mais talentosos que já passou pelos Pats nas últimas temporadas.

No gameplan, a tendência é que os recebedores mais fortes fisicamente, como Josh Gordon e Demaryius Thomas, monopolizem os olhares de Brady na redzone, assim como Gronk fazia.

Além deles, a rapidez de Dorsett será importante para esticar o campo, e seu entrosamento com Tom se mostrou muito afiado na pré-temporada. Ademais, será interessante de observar como utilizarão o UDFA Jakobi Meyers, grande destaque da pré-temporada, já que ele pode atuar tanto no slot como no outside.

Vale também ressaltar que a partir da semana 9 o grupo de wide receivers terá o reforço de N’Keal Harry, primeira escolha dos Patriots no Draft deste ano. O calouro deverá ser introduzido gradativamente nas partidas, mas só seu talento puro já ajudará bastante.

Enfim, que esperar do ataque dos Pats para 2019?

Com um grupo de running backs bastante talentoso e versátil, e ajudado por um fullback de excelência, o jogo corrido tem tudo para ser o motor do ataque dos Pats na temporada.

Aproveitando-se dessa potência terrestre, Tom Brady poderá descansar mais seu braço durante a temporada regular, além de preservar seu corpo e minimizar as chances de lesão. Ademais, com recebedores tão talentosos e físicos (mais precisamente os wide receivers), o G.O.A.T. não deverá perdoar os matchups favoráveis e dará pesadelos às defesas adversárias.

Todavia, vale salientar que tanto o ataque terrestre quanto o aéreo dependem de uma solidez da linha ofensiva, que possivelmente precisará de um tempo para se ajustar e, depois desse período de adaptação, conseguir chegar pelo menos perto do nível do ano passado.


Acompanhe o Patriotas no twitter!

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Este post tem 2 comentários

  1. Parabéns galera pelo conteúdo diariamente, vocês estão a mil!!!!

    1. Obrigado, Willmer!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.