Reavaliando o perfil de Brady no Draft de 2000

Brady


Um dos mistérios que assola a NFL é o fato de Tom Brady ter sido escolhido no sexto round do Draft de 2000, na posição 199.

Reavaliando o perfil de Brady no Draft de 2000

Em 2017, o jornalista Steven Ruiz fez uma matéria avaliando fitas de jogos de Brady, usando os mesmos critérios utilizados por ele para avaliar os quarterbacks da classe daquele ano.

O que verão abaixo é uma tradução resumida do texto de Ruiz, que nos traz sua visão do porquê os times erraram ao avaliar o prospecto de Michigan.

Confira:

O que se destaca em Brady é sua presença no pocket. O QB tem domínio do pocket, evita os rusher e se move calmamente para ganhar tempo. Seus olhos nunca caem, não importa quantos corpos estejam a seu redor.

Isso é o que mais impressiona em seu jogo e fará com que possa ter sucesso contra pass rushers da NFL.

Brady não possui um braço espetacular, mas é bom o suficiente para jogar na NFL. Ele consegue lançar no downfield, especialmente em rotas Go ou as que cortem para o meio.

O prospecto de Michigan ainda tem problemas em passes fora dos números. Isso está mais ligado a imprecisão do que inabilidade de fazer o passe chegar até lá.

Do ponto de vista mecânico, Brady está entre os melhores da classe, ao lado de Chad Pennington (Marshall) e Marc Bulger (West Virginia).

Os olhos e pés de Brady estão em total sincronia enquanto ele vai de uma progressão a outra.

O ataque de Michigan, fundamentado em corrida e passes profundos, não privilegia os pontos fortes de Brady como passador.

Sua precisão em passes profundos não é como deveria ser, se ele tiver que, consistentemente, criar big plays na NFL.

Mas quando Brady tem que trabalhar com passes curtos ele está no seu melhor, devido a sua habilidade de processar informação e chegar a sua leitura eficientemente.

Há momentos em que prende muito a bola, na espera de alguém aberto. Com isso ele pode levar sacks indesejáveis ou tentar passes não deveriam ser feitos.

Brady não é atlético, como visto no seu terrível combine. Não fará grandes scrambles, mas sua mobilidade funcional pode ajudá-lo a evitar os pass rushers na NFL.

Resultado de imagem para brady michigan
Brady em campo por Michigan.

Devido ao seu braço pouco acima de mediano e não ter o perfil físico de um típico quarterback da NFL, Brady é visto como uma escolha de rounds mais altos.

No entanto, o prospecto tem habilidade mais que o suficiente para ser desenvolvido como um titular da NFL algum dia.

Grade: final de primeiro round

Comentários

Resultado de imagem para tom brady combine
Foto clássica de Brady no Combine.

O próprio Steve Ruiz diz que sua avaliação pode ter sido superestimada por saber o que Tom Brady acabou se tornando. Mas suas considerações finais não podem ser ignoradas.

O autor cita que Brady foi muito subestimado por não ter um canhão nos braços e também não possuir a construção física que os scouters geralmente procuram nos prospectos.

Mas salienta que Brady já era um líder de vestiário em Michigan e que suas fitas dizem que ele poderia ser um bom QB na NFL.

Ainda afirma que os lances Brady produz nos dias de hoje já eram produzidos pelo camisa 12 em seus tempos de college.

Nas palavras do próprio Ruiz:

Aqui está um dos relatórios pré-draft de Tom Brady após sua performance no Combine:

  • Magro
  • Falta de grande estatura e força
  • Falta de mobilidade e habilidade de evitar rushers
  • Falta um braço realmente forte
  • Não consegue lançar a bola em profundidade
  • Não lança um espiral perfeito
  • Típico jogador de sistema que não pode ficar exposto
  • É derrubado facilmente

Metade desses comentários não tem nada a ver com a posição de QB. A outra metade pode ser refutada facilmente com os clips acima.

Imagem relacionada
Após o draft de 2000 Brady venceu 6 Super Bowls.

É derrubado facilmente? Quem liga. Falta um braço realmente forte? É um modo estranho de dizer que ele tem um braço OK.

Não significa que os scouters não poderiam ter visto Brady chegando; eles simplesmente não queriam vê-lo, devido a suas noções preconcebidas de como um QB deveria ser.

Opinião

Óbvio que é um tema polêmico. Porém, são pontos de vista válidos que Ruiz apresentou, embasados com alguns clips que valorizam o que disse.

Resultado de imagem para tom brady
Brady é um dos maiores atletas da história.

Provavelmente Brady não era um QB de primeiro round, já que seu combine foi muito ruim e ele também demorou para se tornar titular absoluto em Michigan.

Mas também podemos afirmar, certamente, que não era um prospecto de 6° round, pois demonstrava habilidades interessantes, além de já ser clutch e persistente.

Nas palavras de Steve Mariuci, treinador dos 49ers em 2000, umas das boas explicações do motivo de Brady não ter saído antes:


Nós não abrimos seu peito e olhamos para o seu coração. Nós não olhamos para isso. Eu não sei se alguém fez. E olhou para a estrutura que ele tem e a resiliência. E todas as coisas que o fazem realmente ótimo agora.

Steve Mariuci

Se quiser ler a matéria na integra, realizada por Steven Ruiz, basta clicar aqui.

Se quiser saber tudo sobre o draft dos Pats em 2019 clique aqui.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.