Renovar com Trent Brown não será fácil

Trent Brown Patriots Linha Ofensiva Tackle


Quando os Patriots pegaram o telefone na offseason de 2018 e sacramentaram a troca pelo então right tackle dos 49ers Trent Brown, pouca gente poderia prever a importância que ele teria na proteção aos passes de Tom Brady rumo a mais um Super Bowl.

Brown tinha as credenciais de maior (literalmente) OL da liga e vinha de duas boas temporadas como titular na Califórnia, mas quando San Francisco selecionou o também right tackle Mike McGlinchey na primeira rodada do último draft, os serviços do camisa 77 já não pareciam indispensáveis.

Troca concluída, Brown chegou à Nova Inglaterra e foi entregue aos cuidados de Dante Scarnecchia e Bill Belichick. Rapidamente transformado em left tackle após a lesão de Isaiah Wynn ainda na pré-temporada, Trent foi titular incontestável em todos os 19 jogos que levaram os Patriots ao sexto anel. Sua mobilidade no pocket, especialmente se considerarmos seus 2,03m e 163kg, impressionou e sua vantagem física sobre os adversários de linha defensiva em alguns momentos beirou a deslealdade.

Muito por conta do alto nível exibido por Brown na proteção ao seu lado cego,  Brady sofreu sacks em apenas 0.8% das tentativas de passe, a menor marca em quase duas décadas de carreira.

Não será fácil renovar com Trent Brown

Com credenciais tão positivas e se tornando agente livre agora, a questão inevitável que se coloca é: os Patriots renovarão com Trent Brown? Como de costume em Foxborough, a resposta passará por números, ou seja, por quanto o mercado está disposto a pagar por ele. Na temporada passada, vivenciamos uma situação similar com Nate Solder. Os 15 milhões de dólares por temporada oferecidos pelos Giants resultaram em um adeus ao bicampeão.

Caso Trent Brown desperte interesse parecido, seria extremamente improvável uma renovação com os Patriots. Além do limitado espaço no cap e da filosofia como um todo implantada por Bill, soma-se à equação o retorno de Isaiah Wynn, draftado na primeira rodada justamente para ocupar a posição de left tackle, e os três anos remanescentes no contrato de Marcus Cannon, o outro tackle titular da linha ofensiva.

No entanto, a NFL não é uma liga previsível quando o assunto é free agency. Mais imprevisível ainda é o que se passa na cabeça do gênio de capuz. Não podemos descartar de imediato as chances de uma renovação com Brown, o que, com base nas pesquisas que fizemos, deixaria a torcida extremamente satisfeita.

Muitas são as questões a serem resolvidas pelos Patriots nesta free agency, mas a única certeza que temos é de que a solução tomada será a melhor para a franquia rumo a mais uma campanha vitoriosa. In Bill we trust.

Acompanhe o Fã Clube Patriotas no twitter, facebook e instagram.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.