Rookie, it’s time to go pro!

Para os jogadores selecionados no Draft da NFL, após tantos anos de luta e de passar por uma seleção tão rigorosa, a semana seguinte é repleta de felicidade e comemorações. Apenas um percentual pequeno dos jogadores das universidades consegue atuar profissionalmente.

Ser draftado é difícil. Ser draftado pelo atual campeão do Super Bowl é alegria que pouquíssimos sentem a cada ano.

No entanto, ainda que reconheça a naturalidade desse período de felicidade, Bill Belichick decretou que é hora de se tornar profissional.

“O maior desafio para todos esses jogadores é entrar no nosso programa. Nos últimos seis meses eles não tiveram time, cada um teve sua situação individual, e eles tiveram que pensar ‘como eu me preparo para a NFL?’ Cada jogador tem feito as coisas individualmente: seus próprios treinadores, seu próprio sistema de treinos, seu agente. E agora eles precisam esquecer tudo isso e se tornar New England Patriots.”

Para os calouros, chegou a hora de fazer parte da “doutrina Belichickiana” em preparação para o training camp que se aproxima.

“Eles precisam se livrar da mentalidade de que ‘eu levanto a hora que quiser, vou trabalhar do jeito que achar melhor, vou comer onde e o que eu quiser, vou treinar do jeito que eu quiser’. Isso acabou para eles, precisarão fazer um grande ajuste. Para mim não importa de onde vieram, que posição eles jogam, nada disso faz diferença. Eles não vinham seguindo um programa e vão começar a seguir, dia após dia, por um longo tempo.”

tempbelichick_6638
O alto nível de exigência nos treinos é um dos segredos do sucesso dos Patriots sob o comando de Bill Belichick.

A transição da universidade para a NFL não é fácil, e parece que para os jogadores que embarcam no trem dos Patriots, é mais difícil ainda.

“Isso será uma grande mudança para todos os calouros porque nenhum deles vem fazendo isso. Bem-vindos à NFL. Eles receberão uma grande dose de New England Patriots Football pelas próximas semanas. Vamos dar a eles tudo que pudermos em grandes doses, tentar prepara-los para o training camp, quando vamos dar mais ainda. Os fortes sobreviverão, os demais vão cair, e nós vamos continuar.”

O alto nível de exigência com os calouros (além dos jogadores que já estão no elenco) não é gratuito. Bill Belichick sabe que os demais times da NFL também fazem o seu melhor para vencer, e a competição fica mais difícil a cada ano.

O trem não para?

“Não, não para”, disse Belichick. “Nós temos os outros 31 times competindo tão duramente quanto nós para fazer as mesmas coisas. Nós teremos que superá-los e fazer um trabalho melhor. E isso é o nosso negócio.”

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.