Sanu é o que falta para o ataque dos Patriots deslanchar de vez?

A semana 17 costumava ser aquela semana de mais “calmaria” em Foxborough, mas essa temporada tem sido muito diferente do que aconteceu nos últimos anos.

Os Patriots conseguiram garantir a conquista da divisão no jogo deste último sábado após a vitória em cima dos Bills, com uma considerável (mas não incrível) melhora do ataque. O modo Playoffs chegou à Nova Inglaterra um pouco mais cedo do que o esperado.

Sanu é o que falta para o ataque dos Patriots deslanchar de vez?

Pela 11º vez seguida, o New England Patriots conquistou o degrau mais alto da AFC Leste e como em anos anteriores, apesar dos tropeços contra Ravens e Texans, a conquista da AFC Leste daria uma certa tranquilidade à semana 17, porém aquela derrota contra os Chiefs na semana 14, trouxe um peso a mais para a partida de domingo contra os Dolphins. Os Patriots selaram a sua vaga para os Playoffs, mas ainda não garantiram a Seed #2.

Rafael Belattini destrinchou muito bem o sentimento dos torcedores dos Patriots na sua coluna dessa semana, foi realmente muito gratificante ver o quanto o jogo corrido dos Patriots conseguiu demostrar alguma produção, algo que para quem nos acompanha, tem sido motivo de muita preocupação.

E para quem acompanha Futebol Americano, sabe muito bem o quanto o jogo corrido mais fluído é essencial para desnortear as defesas adversárias e colocá-las em indecisões.

Pois bem, apesar da considerável melhora do jogo corrido, precisamos sinalizar um outro elo fraco no nosso ataque, que ainda não se provou desde sua chegada… Mohamed Sanu.

O jogo contra os Dolphins próximo domingo é a oportunidade perfeita para Sanu em particular. Como pass-catcher quando joga pressionado, Sanu vem mostrando uma produção muito limitada.

Sanu chegou aos Patriots sob muitas expectativas e já no seu segundo jogo pelo time registrou dez recepções para 81 jardas e um touchdown. Mas nos últimos cincos jogos, foram apenas 11 passes combinados, muito aquém do que se esperava do jogador.

Analisando apenas o último jogo contra os Bills, Sanu foi o recebedor que mais participou de snaps, 70 no total, e teve apenas três recepções para 24 jardas.

Apesar da diferença dos estilos e da quantidade de treinamento, se traçarmos um comparativo, na derrota contra o Houston Texans, o calouro UDFA Jakobi Meyers participou de 60 snaps e teve três recepções para 46 jardas.

Apesar de ter contribuído de outras formas durante a partida, como retorno de Punt por exemplo, após a saída de Josh Gordon do time e ter gasto uma escolha de segunda rodada pelo jogador, ser mais eficiente sob pressão como pass-catcher é uma das maiores esperanças dos Patriots em relação a Sanu e esse jogo contra os Dolphins é essencial para ele demonstrar que o time apostou certo.

Eu entendo… talvez você que esteja lendo possa pensar que seja um pouco de exagero da minha parte, até porque Sanu não foi/é o único elemento que faz com que o nosso ataque não deslanche, mas acho que você vai concordar comigo que caso Sanu consiga melhorar sua participação em campo, vai contribuir bastante para a melhora significativa do ataque.

Até porque, estamos no modo on para os Playoffs e precisamos garantir a bye-week.

Então é a sua vez, o que vocês acham? Deixe sua opinião nos comentários abaixo e continuem acompanhando a equipe Patriota nas redes sociais TwitterFacebook e Instagram para mais informações.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.