Semana 11 Preview: em busca de recuperação, Pats encaram os Eagles

Decerto a derrota contra os Ravens sacudiu um pouco o clima em New England. Após folgar na última semana, os Patriots agora buscam a recuperação contra os Eagles, neste domingo, na Philadelphia.

Bola Futebol Americano New England Patriots NFL

Eagles possui problemas no ataque aéreo e se apoia nos tight ends

Sem DeSean Jackson certamente os Eagles perdem seu principal alvo deep. Se não bastasse, Philly também deve ter o desfalque de seu principal receiver, Alshon Jeffery, além do polivalente Sproles.

Enfrentando problemas em 2019, o ataque dos Eagles vem sendo mediano na temporada. Vigésima ofensiva em jardas por duelo, com 347, ocupam somente a 21ª posição em jardas aéreas por jogo (219,7).

Resultado de imagem para ertz goedert
Dupla de tight ends dos Eagles é mortal.

Embora tenha o talentoso Carson Wentz como quarterback, as lesões e também a irregularidade no jogo de passes vem sendo um problema para os comandados de Doug Pederson.

Com isso, inegavelmente, a talentosa dupla de tight ends Ertz e Goedert são as âncoras do jogo aéreo. Combinados somam 748 jardas e 5 touchdowns e precisam ser vigiados de perto por New England.

Jogo corrido é um desafogo para os Eagles

Os problemas passando a bola são reais, todavia os Eagles possuem uma dupla de corredores que dá muito trabalho as defesas adversárias.

Howard e Sanders possuem, cada um deles, a média de 4,4 jardas por carregada, além de somarem 861 jardas e 7 touchdowns pelo chão. Isso dá aos Eagles o 11° melhor ataque terrestre da liga, com 123 jardas a cada confronto.

Tudo isso, somado ao bom interior de linha ofensiva de Philadelphia, promete dar trabalho aos Patriots. Para se ter uma ideia, a dupla de running backs somou 218 jardas contra a forte defesa dos Bills, na semana 8.

Com esses dados, inegavelmente, New England terá que trabalhar duro nas trincheiras para segurar o jogo corrido dos Eagles.

Defesa terrestre de Philadelphia é seu ponto forte

Acima de tudo a defesa dos Eagles possui uma linha defensiva talentosa. Boa em pressionar o quarterback, permite somente 87,3 jardas corridas por jogo, 4ª melhor da liga no quesito.

Resultado de imagem para fletcher cox brandon graham
Front 7 dos Eagles deve dar problemas aos Patriots.

Com Fletcher Cox e Brandon Graham, a unidade certamente dá trabalho aos tackles e guards e deve proporcionar mais um domingo difícil para o jogo terrestre de New England.

Já a defesa contra o passe demonstra uma fragilidade maior. São 239 jardas cedidas a cada duelo e, certamente, os números são piores contra quarterbacks mais qualificados.

Somando as atuações contra Matt Ryan, Matthew Stafford, Aaron Rodgers, Kirk Cousins e Dak Prescott os Eagles cederam, em média nessas partidas, 303 jardas e 35,4 pontos, números bem ruins.

Mais uma mostra, acima de tudo, que o caminho para uma boa partida para New England deve ser pelo alto.

Chave do jogo: vencer nas trincheiras e apostar na secundária

Antes de mais nada é necessário reconhecer o talento de Wentz. O signal caller dos Eagles é capaz de executar passes longos ou curtos com eficiência, seja no pocket ou em movimento.

Temos que salientar, entretanto, que o camisa 11 apresenta rating de 76,6 em passes de 1 a 10 jardas na temporada. Sem Jackson e Jeffery, Wentz deve evitar passar em profundidade.

Resultado de imagem para carson wentz
Wentz vem mostrando inconsistência em passes curtos.

Com isso chegamos a batalha entre a linha ofensiva dos Eagles e nosso front 7. Caso seguremos de maneira eficaz o jogo corrido de Philadelphia, Wentz ficará em terceiras difíceis e, sem armas deep, terá que usar o passe curto.

Sendo essa a maior dificuldade do camisa 11 na temporada, o quarterback deve acionar seus tight ends, que precisam ser bem vigiados por Chung e nossos linebackers.

Resultado de imagem para chung tight end
Chung terá papel fundamental contra os tight ends.

Outra arma igualmente utilizada pelos Eagles são as rotas cruzadas, que sempre deixam alguém livre. Belichick já defendeu essa jogada deixando um safety como robber para evitar ganhos e deve o fazer novamente.

Se tiver dificuldades nos passes curtos, Wentz não deve ter medo de passar em profundidade.

Com os desfalques dos Eagles, o camisa 11 irá encarar uma secundária que cedeu 5 de 44 passes, 192 jardas, 1 TD e 7 INT em passes 21+ jardas (rating de 13,3 nestas jogadas para os QBs adversários).

Caso a defesa consiga ser eficiente, fica a cargo do ataque de New England explorar as fraquezas da secundária dos Eagles para vencer o jogo.

Com a estreia de Harry e todas suas armas ofensivas saudáveis, chegou a hora, decerto, de Josh McDaniels e Tom Brady mostrarem que continuam mortais quando necessário.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Este post tem um comentário

  1. Excelente texto. Go Pats.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.