Semana 4 Preview: Patriots enfrentam os Bills, no clássico dos invictos

Os Pats chegaram, certamente, ao jogo mais complicado da temporada até o momento. Isso pois a franquia de New England irá até Buffalo fazer o clássico de invictos contra os Bills.

Mini Flâmula New England Patriots NFL

Bills embalado

Surpreendentemente, para muitos, os Bills também vêm de 3 vitórias na temporada, contra Jets, Giants e Bengals.

Embora não tenham enfrentado times fortes, o conjunto de Buffalo mostrou seu potencial defensivo, não permitindo mais de 17 pontos nenhuma vez sequer.

Força na defesa é o ponto forte dos Bills

Em 2018, quando escolheram Josh Allen no draft, os Bills esperavam melhorar seu ataque. De fato, Allen tem demonstrado talento, porém a defesa continua sendo o destaque pelos lados de Buffalo.

Resultado de imagem para tre'davious white
Tre’Davious White é um dos destaques no clássico contra os Bills.

Quinta melhor defesa da liga em jardas totais cedidas (299,7 por partida), também se demonstra muito eficiente contra o jogo corrido na temporada atual.

Se, até aqui, Sony Michel não foi bem, a tendência é que tenha vida complicada na semana 4, já que os Bills, sobretudo, possuem a 8° melhor defesa contra a corrida, sofrendo somente 87,7 jardas terrestres por partida.

Todavia, de acordo com os números, Tom Brady também terá uma tarde difícil. Pelo alto, os Bills contam com a 9° defesa mais eficiente. Ao todo, cedem, em média 212 jardas por jogo.

Antes de tudo, é bom o signal caller de New England abrir os olhos com o ótimo cornerback Tre’Davious White, que conseguiu duas interceptações na última semana, contra os Bengals.

Bills fazem mais estragos com as pernas no ataque

Inesperadamente, os Bills aparecem com o 8° melhor ataque em jardas totais até aqui. São 391.3 jardas ganhas em média a cada jogo para a equipe de Josh Allen.

Todavia, deve-se ressaltar, o time de Buffalo possui uma disparidade muito grande entre seu ataque terrestre e sua ofensiva aérea, como mostram os números.

Resultado de imagem para josh allen bills bengals
Allen é um perigo duplo para a defesa no clássico com os Bills.

Pelo solo, a franquia de Buffalo ocupa a quinta colocação no ranking dos ataques mais eficientes, conseguindo, em média, 151,3 jardas por partida, além de ter feito 5 touchdowns corridos.

Entretanto, pelo alto a coisa muda de figura. Os comandados de Josh Allen, em média, conseguem 240 jardas por confronto. Além disso, foram apenas 3 touchdowns passados na temporada, mesmo número de interceptações sofridas.

Obrigar Allen a passar deve ser o caminho da defesa

Antes de mais nada, Josh Allen é uma dupla ameaça para Buffalo. Com um forte braço, o signal caller ainda não é muito preciso (rating de 86,4 na temporada atual), mas causa estrago com as pernas.

Dos 5 touchdowns anotados por Allen nas primeiras três semanas, 2 foram com as pernas, que permitem, em média, 35 jardas por partida ao camisa 17.

Com isso, os Patriots deverão fazer seu teste de fogo contra o jogo corrido no clássico. Em resumo, a expectativa é de que Belichick lote o box, obrigando os Bills a passarem mais a bola.

Dessa forma, Josh Allen terá que vencer a secundária dos Patriots, notoriamente uma das melhores da liga, e, sem a corrida como válvula de escape, pode acabar cometendo turnovers.

Ataque, mais uma vez, deve passar pelas mãos de Brady

Inesperadamente, o ataque terrestre dos Patriots não está rendendo no começo desta temporada. São apenas 97 jardas por jogo, em média, pela via terrestre. Com isso, Brady fica encarregado das ações ofensivas.

Jogando contra uma defesa que concede pouco pelo solo aos adversários, decerto, os running backs devem ser importantes recebendo passes.

Resultado de imagem para james white miami
Running backs devem ser um desafogo recebendo passes.

Até aqui, Bolden, Burkhead e White apresentam 68,6 jardas recebidas em média por jogo, fator que pode ser um desafogo para o ataque terrestre ineficiente.

Ademais, os Patriots possuem o segundo ataque mais eficiente pelo alto, com 311,3 jardas por partida. Fato que pode prender mais os linebackers na espera por um passe, possibilitando assim Michel a algumas boas corridas.

A partida, decerto, tem tudo para ser um duelo de defesas, com os Patriots tentando parar o jogo corrido de Buffalo, enquanto os Bills trabalham para frear Brady. Nessa equação, se sobrar para os quarterbacks, New England tem boas chances de vitória.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.