Tatidown Patriots – Semana 15: Patriots x Dolphins

Patriots x Dolphins foi o primeiro dos três confrontos de Divisão que os Pats terão para encerrar a temporada 2020.

Sem chances de playoffs e sem atrapalhar a temporada do rival de Divisão, o New England Patriots perdeu para o Miami Dolphins por 12 x 22.

Com um recorde 6-8 e mais uma vez sem marcar touchdown, confira uma breve análise da partida.

Tatidown Semana 15: Patriots x Dolphins

Olá Patriotas!

É, errado foi o torcedor que se deixou animar pelas três primeiras semanas da temporada regular. Ou não…

Fato é que sempre soubemos de todas as limitações que a equipe apresentaria em 2020, afinal alguns problemas são recorrentes de ao menos 2 temporadas atrás.

Porém, ver as fraquezas do time tão expostas é dureza, ainda mais para uma torcida muito (mal) acostumada a vencer. Sempre.

De fato, em mais uma rodada foi o que vimos: deficiência do ataque, defesa perdendo tackles e jogadores adversários desconhecidos se concagrando no jogo corrido.

Em Patriots x Dolphins vimos não apenas as menores possibilidades de se pensar em uma pós-temporada irem embora, mas também que o futuro pode ser, de fato, ainda mais preocupante do que pensamos.

“Quem não faz, leva.”

Nick Folk é um dos jogadores que podemos dizer como evoluiu e se firmou em 2020.

Folk não erra um field goal desde a Semana 2, em Seattle, e após a partida de domingo, onde os 12 pontos dos Patriots são decorrentes dos pés do kicker, ele alcançou a marca de 24 FGs consecutivos e está 25/27 na temporada.

Contudo, apenas chutar field goal não vence partida. Não se for o New England Patriots. E isso ficou claro em Patriots x Dolphins.

Cam Newton até lançou mais de 100 jardas na partida, foram 17/27 passes, para 209 jardas e nenhum TD, mas a produção do ataque na red zone foi muito ruim.

Converter descidas é de uma dificuldade tremenda para o ataque dos Patriots, no domingo foram apenas 2/9 terceiras descidas.

Sem converter terceiras descidas e sem chegar até a end zone, é ainda mais penoso vencer na NFL.

Como extensamente dito, Cam não é o único problema do ataque, mas a dificuldade do QB para lançar TDs é um dos problemas. E dos grandes!

Não bastasse isso, a linha ofensiva teve mais uma partida ruim. Foram 3 sacks cedidos: Justin Herron, Shaq Mason e James White. David Andrews cedeu 1 QB hit e 2 pressões.

A despeito da péssima atuação de Jermaine Eluemunor contra o Los Angeles Rams, Justin Herron entrou como o left tackle nesta partida e não conseguiu segurar. Isaiah Wynn vem fazendo falta desde que foi colocado na IR.

Como sempre gosto de trazer algo positivo, ainda que nessa temporada toda atrapalhada, vale a pena mencionar a maior surpresa positiva: Jakobi Meyers.

Meyers atualmente é o principal recebedor do time e fez mais uma partida acima de 100 jardas. Foram 7 recepções para 111 jardas, o que é metade das jardas aéres de Newton e, ainda mais quando o segundo jogador que mais recebeu passes foi o RB James White, com 4 recepções para 52jardas.

Em um dos melhores lances do ataque na partida, está este momento em que Cam Newton encontoru Jakobi Meyers livre:

O que esperar do New England Patriots em 2021? Mais oportunidades para Jakobi Meyers com certeza!

A DL está em apuros

A bem da verdade, a defesa conseguiu segurar o ataque do Miami Dolphins por todo o primeiro tempo. O jogo foi 6 x 0 para o intervalo.

Inclusive, J.C. Jackson conseguiu interceptar Tua dentro da end zone:

Essa foi a 8ª interceptação de J.C. Jackson nessa temporada. Isso colocou Jackson em uma prateleira estrelada. Ele se juntou a Ron Hall (13), Mike Haynes, Fred Marion, Ty Law e Asante Samuel (10), no grupo de jogadores do New England Patriots com 10 ou mais takeaways em uma mesma temporada.

O safety Adrian Phillips mais uma vez merece destaque. Foram 7 tackles totais, 6 solo, 1 para a perda de jardas, 1 QB hit e 1 sack.

Contudo, nem tudo foi tão bem.

No segundo tempo de Patriots x Dolphins, o adversário encontrou o caminho dos pontos: o jogo corrido.

Não ter 5 dos principais jogadores do ataque não foi um problema até Tua Tagovailoa ter Salvon Ahmed como arma terrestre. A equipe de Miami teve 42 carregadas para 250 jardas terrestres, sendo que 178 jardas foram apenas no segundo tempo.

Ahmed correu com a bola 23 vezes para 122 jardas e 1 TD. Tua marcou os outros 2 TDs terrestres.

A DL não conseguiu se sair bem na batalha das trincheiras e, mais uma vez, dar tackles foi a maior dificuldade da defesa.

De olho no futuro?

Bem, em um ano onde os melhores jogadores da equipe são o punter e o kicker, as preocupações para o próximo ano são inúmeras.

Em entrevista na segunda-feira, ao ser questionado se Jarrett Stidham veria mais ação nas duas últimas partidas, a resposta de Bill Belichick foi “veremos”.

Foi a primeira vez que o HC não se esquivou da pergunta respondendo que Cam Newton é o QB da equipe.

Por outro lado, Cam Newton fez um post em seu Instagram dando a endenter que quer ficar

E como nada é tão ruim que não possa piorar, Stephon Gilmore sofreu uma lesão no quadríceps no domingo e está fora do resto da temporada, mas deve se recuperar a tempo para participar da pré-temporada.

Muitas dúvidas pairam no ar e quase nenhuma resposta foi dada em 2020.

________________________________

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.