Temporada regular se encerra com pontos positivos nos Patriots

Como de costume, os torcedores de New England, em sua maioria, preferem enxergar o “copo meio vazio” quando se trata de seu time. No entanto – embora imperfeita – a temporada regular se encerra com pontos positivos nos Patriots que dão esperanças de um futuro positivo.

Instagram Fã Clube Patriotas

Ataque está a um playmaker de ser muito bom

Decerto quando se fala do ataque dos Patriots é comum imaginar que a unidade apresenta muitos problemas e atrapalha o time.

No entanto quando olhamos os números as coisas são diferentes, visto que New England terminou como o 6º ataque em média de pontos (27,2).

É evidente que o setor foi ajudado pela defesa ao longo da temporada, conseguindo assim posses em boas condições. Porém foi feito um bom trabalho por McDaniels.

Com o 8º melhor ataque terrestre da temporada, os Patriots viram sua OL crescer de desempenho a cada partida, assim como seus RBs.

Harris, Stevenson e Bolden somaram 1.761 jardas via solo além de 21 TDs. Números que escancaram a qualidade do jogo via solo da equipe.

Quem certamente também evoluiu foi Mac Jones. Embora o rookie cometa erros normais para um jovem, também demonstrou muito potencial.

Mesmo com WRs não mais do que bons, o camisa 10 por vezes foi competente mesmo em momentos de pressão, demonstrando maturidade e inteligência.

No entanto faltou uma peça destoante para o QB. Mesmo que Hunter Henry tenha feito uma temporada ótima, Mac Jones ainda “precisa de seu Robin”.

Um WR acima da média, capaz de mudar a partida em um lance, é o que falta nos Patriots para acabar com a inconsistência e mudar o patamar ofensivo.

Dessa forma Mac Jones terá seu desafogo em qualquer parte do campo e as defesas rivais ficarão sempre preocupadas pelo solo e pelo ar.

Defesa dos Patriots deixou boas impressões e um problema

It's going to be scary': Patriots defense asserting itself as one of the  NFL's best – The Athletic

Após um 2020 sofrível, a defesa dos Patriots voltou a desempenhar seu trabalho muito bem, sendo um dos pilares do time na temporada.

Adições como Judon, Van Noy, Godchaux e Barmore – além do retorno de Hightower – deram a força que a defesa precisava para subir de nível.

Judon, inclusive, se destacou perseguindo os QB rivais e ofereceu o pass rush que a defesa não tinha desde a saída de Chandler Jones.

Já a secundária permaneceu muito boa, principalmente na figura de J.C. Jackson, que mais uma vez brilhou roubando a bola e anulando rivais.

Outros defensive backs que brilharam foram os safeties Adrian Phillips e Kyle Dugger, excelentes contra a corrida e também no jogo aéreo.

Esse grande trabalho colocou a defesa dos Patriots como a segunda melhor contra o passe, cedendo em média apenas 187 jardas a cada confronto.

https://twitter.com/NFL/status/1477731935837245440

O setor defensivo decerto também se saiu muito bem roubando a bola, deixando o time em 8º em takeaway differential (subtração do total de tournovers sofridos pelo total de turnovers forçados) com +7.

No geral de fato a defesa dos Patriots acabou deixando uma impressão muito positiva, no entanto por mais um ano pecou contra a corrida.

New England terminou a temporada como a 11ª pior defesa contra o jogo terrestre, cedendo em média 123 jardas a cada duelo durante a season.

Dessa forma, assim como no ataque, fica a impressão de que a adição de alguma peça possa mudar esse cenário e tornar a defesa excelente em todos os quesitos.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.