Tom Brady fala da derrota para os Seahawks e eleição nos EUA

Depois de uma bizonha derrota em casa na linha de 1 jarda para os Seahawks, Tom Brady deu sua entrevista semanal, onde falou da partida, eleição americanas e mais.

Tom Brady fala da derrota para os Seahawks e eleição nos EUA

Semana passada, Tom Brady prometeu revelar para quem foi seu voto na eleição, mas mudou de ideia.

“Não falarei mais de política, tenho outras coisas pra me preocupar. Falei com minha família e é uma péssima ideia.”

Questionado sobre a afirmação de Donald Trump, que Brady o apoiava, Brady falou:

“Não quero falar sobre isso, tem havido muita negatividade nesta semana. Sabe o que eu sou? Uma pessoa esperançosa, positiva e otimista que este país siga em frente agora.”

Já sobre a derrota de domingo, Brady foi questionado sobre o lance final, o passe incompleto para Gronk.

“Poderia ter sido diferente. As vezes os árbitros dão algumas faltas, as vezes não. Quando é na última jogada como domingo, as pessoas tendem a querer que eles não apitem. Esta foi uma situação em que os árbitros nos deixaram jogar, e nós não fomos capazes de fazer a jogada.”

Mas Brady sabe que não é fácil ser um árbitro da NFL.

“Existem muitas regras, eles precisam ver a 30 coisas diferentes na mesma jogada, é difícil ser um árbitro hoje em dia.”

Brady tomou uma bela porrada na perna (que foi legal, diga-se de passagem).

“Na hora doeu bastante, mas por enquanto, está bem. Uns dois dias de tratamento e estará boa pra jogar novamente.”

Já sobre o resultado da partida:

“Seattle tem um time muito forte, jogaram bem e forçaram turnovers. Nós perdemos a batalha dos turnovers, e isso é sempre importante. Além disso, eles limitaram nossos pontos, tivemos algumas oportunidades, mas não finalizamos bem. Nos últimos 96 jogos eles lideraram no último quarto, e isso mostra o time que eles são. Uma defesa forte que te faz lutar por todos os pontos. Lutamos bastante, mas não conseguimos finalizar o jogo.”

Sobre o fim do último drive, Brady falou:

“Após meu sneak, ficamos numa boa posição e com pouco tempo no relógio. Tínhamos três chances. Blount não conseguiu, eu não consegui com o sneak. Tinha espaço, mas não fui bem na jogada. Tivemos a última chance com fade para Gronk, também não deu certo.”

 

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.