Tom Brady poderia ter, no mínimo, R$240 milhões a mais, mas preferiu vencer

tom brady

O quanto vale um quarterback? E se esse quarterback é o ídolo máximo de sua franquia e o maior de todos os tempos? Bom, no mercado atual da NFL, diria que, no mínimo, $30 milhões por temporada, valor que Matt Ryan, o jogador mais bem pago da liga, recebe do Atlanta Falcons.

Sendo assim, por que Tom Brady tem apenas o atual 16° maior contrato entre os quarterbacks? É simples: menos é mais.

Tom Brady poderia ter, no mínimo, R$240 milhões a mais, mas preferiu vencer

Na NBA, as franquias dispõem de $101M para gastar em, no máximo, 15 jogadores, sem mencionar o luxury tax, que eleva consideravelmente essa quantia. Na NFL, apesar de serem $177M, a quantidade de jogadores no elenco é mais que o triplo: 53.

Dessa forma, oferecer um contrato gordo para um único jogador é sinônimo de deixar lacunas em outras posições, filosofia que é totalmente a oposta da de Bill Belichick. Todavia, caso Tom Brady não fosse seu quarterback, provavelmente Bill teria que ceder e oferecer o acima do previsto para outro franchise quarterback.

Sorte dos Patriots, que viu em Belichick-Brady um casamento de mentalidade perfeito, completamente voltado para vencer, vencer e vencer. Basta lembrar que com apenas cinco temporadas de carreira, Tom já era tricampeão do Super Bowl e duas vezes eleito MVP da grande final. Se quisesse, o ainda jovem jogador poderia ter “quebrado a banca”, mas preferiu receber menos para manter o time competitivo, assinando por 4 anos, $42,8M.

Em 2010, Brady novamente teve a chance de faturar muitos milhões a mais. Tudo bem que não venceu nenhum Super Bowl nesse hiato e teve uma lesão séria que o tirou de toda a temporada 2008, contudo, foi eleito MVP em 2007 e não demonstrava nenhum sinal de decadência. Mesmo assim, fechou por 4 anos, $72M.

Dois anos depois, após a derrota no Super Bowl para o New York Giants, Brady reestruturou seu contrato: de $5,75M para $950 mil, convertendo seu bônus, e assim, liberando $7,2M na folha salarial.

Onze meses depois, outra reestruturação seguida de extensão: 3 anos, $27M, ajudando novamente o time, abrindo espaço no cap. Por fim, em 2016, Tom assinou, até então, seu contrato mais recente com os Patriots: 2 anos, $41 milhões, válido até o fim da temporada 2019.

Ao todo, o quarterback Patriota em sua carreira já acumulou $197,2 milhões, sendo assim, o terceiro jogador que mais ganhou dinheiro na história da NFL. Entretanto, Tom, caso quisesse, facilmente tomaria o posto de Peyton Manning como o mais bem pago, deixando também para trás Eli Manning, o segundo da lista.

Segundo o site Business Insider, caso Tom Brady tivesse assinado contratos semelhantes aos dos quarterbacks mais bem pagos em 2005, 2009, 2013 e 2017 (anos que teoricamente seria free agent), ele teria uma fortuna de $257,9M, ultrapassando em $9M Peyton.

Portanto, Brady sacrificou para os Patriots continuarem competitivos, no mínimo, $60M (R$240M com a cotação atual do dólar turismo), mas o montante real total poderia chegar perto da casa dos $100M (o que dá R$400M), de acordo com o Business Insider!

Muito se argumenta que o fato de ser casado com Gisele Bündchen e os recheados patrocínios que recebe influenciaram em sua decisão de receber menos para ajudar New England, e eu concordo, além de que os $197,2M já recebidos não faz ninguém passar fome. Contudo, no mercado atual da NFL e do esporte como um todo, são poucos que têm essa mentalidade.

Não acho errado um jogador querer maximizar seus ganhos financeiros, afinal, a carreira de jogador é curta. Porém, o que Tom Brady fez e faz pelos Patriots elevam ainda mais seu status de lenda inigualável do esporte.

A verdade é que todo mundo queria tê-lo em seu time, apesar da inveja falar mais alto. Ao invés de ser “hater”, valorize um atleta que o mundo nunca viu. Valorize o maior de todos os tempos.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Este post tem 5 comentários

  1. Tom Brady e um exemplo ao esporte mundial, representa os melhores valores e sempre esta surpreendendo o mundo dos esportes, um exemplo de humildade e resilencia, diferente de nosso super atleta Neymar que deixa muito a desejar.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.