Trade deadline: Quem poderá ser o “novo Collins”?

collins

A próxima terça-feira, dia 31, marcará o fechamento do período de trocas da temporada 2017. Em todo ano, Bill Belichick costuma ser ativo quando a deadline se aproxima.

Na temporada passada, o linebacker Jamie Collins foi a “vítima”, sendo enviado para o Cleveland Browns, que ficou em último lugar da liga, enquanto os Patriots conquistaram o título.

Collins seria free agent ao fim de 2016, assim, como dificilmente conseguiria manter o talentoso atleta, Belichick preferiu trocá-lo logo.

Portanto, com a deadline se aproximando, separamos os jogadores do elenco que têm a mesma situação de Jamie: contrato expirando, e analisamos as chances de haver outra troca bombástica no meio de temporada.

Trade deadline: Quem poderá ser o “novo Collins”?

CB Malcolm Butler

Resultado de imagem para malcolm butler

Jovens, talentosos, playmakers e vencedores. Butler e Collins têm mais semelhanças que apenas o contrato com os Patriots chegando ao fim.

Malcolm, que aterrissou em New England como UDFA, tornou-se numa grande peça da defesa, sendo crucial para as conquistas de 2014 e 2016, principalmente a primeira.

Contudo, a trajetória de Butler não é somente marcada de bons momentos. O cornerback mostrou-se chateado com o valor pago em Stephon Gilmore ($13M p/ano), enquanto ele apenas assinou por $4M p/ano. Com isso, Butler chegou até a visitar o New Orleans Saints, mas nada foi concretizado.

Após o ocorrido, ele já garantiu que está com a cabeça nos Patriots e tentando melhorar a cada semana. Porém, não podemos descartar o fato de que ele já mostrou que quer ser pago merecidamente.

Jeff Howe, do Boston Herald, informou no início desta semana que Butler e Patriots possuem interesse numa renovação, mas o dinheiro é um empecilho.

Tendo já pago uma alta quantia em Gilmore, dificilmente New England gastaria o mesmo com Malcolm. Sendo assim, ele é a estrela com mais chance de ser trocada nesta deadline.

OT Nate Solder

Resultado de imagem para nate solder

É notório: Solder está com um desempenho muito abaixo de sua média. O veterano ainda não conseguiu encaixar uma sequência de boas atuações, sendo o pior jogador da linha ofensiva titular dos Pats em 2017.

Não só na proteção ao passe, Nate também vem cometendo muitos holdings, que acabam matando as campanhas.

Escolha de primeiro round, Solder está no seu segundo contrato assinado com New England. Mas, nada está certo de que um terceiro se formará.

No entanto, um fato respalda a permanência de Solder: não há boa opção na reserva. Antonio Garcia, escolha de Draft neste ano, nem sequer entrou em campo por conta de uma doença. Croston, Fleming e Waddle, os demais reservas, não passam confiança.

Evidentemente, Belichick não deixaria a posição mais importante da linha ofensiva sem um nome minimamente bom. Assim, não acredito que Nate Solder seria enviado para recebermos apenas uma escolha de Draft, por exemplo. Se saísse, seria por outro left tackle.

RB Dion Lewis

Resultado de imagem para dion lewis

As últimas atuações de Lewis contra-argumentam com a chance dele ser trocado. Mas, avaliando o cenário geral, Dion ainda pode ser negociado.

O running back, enfim, assumiu a titularidade do backfield e vem jogando bem. Porém, seus companheiros: Gillislee, White e Burkhead, também estão contribuindo.

Desses três, os dois primeiros possuem outros anos restantes no contrato. Com isso, somado a não dependência de Lewis para o jogo corrido fluir, ele pode virar uma moeda de troca.

Inclusive, os Patriots já foram sondados para negociarem Dion, mas não demonstraram interesse em trocar.

Isso mostra que a comissão técnica quer continuar contando com o camisa 33, ou fez das primeiras sete semanas de vitrine para aumentar seu valor (como fez com Brissett)?

QB Jimmy Garoppolo

Resultado de imagem para jimmy garoppolo

O fim da novela – que já perdeu índices no IBOPE desde maio – está mais próximo que nunca. Se não trocar Garoppolo até terça-feira, o quarterback virará free agent e, caso saia, New England apenas receberia uma escolha compensatória de, no máximo, terceira rodada.

Pelo o que as especulações falaram, o Cleveland Browns ofereceu uma baita proposta de troca por Jimmy G. Belichick não aceitou e, caso uma reviravolta gigante não ocorra, também não aceitará nada que chegue à sua mesa.

É simples: Bill não quer trocar a joia que tem. Já devem ter ocorridos conversar informais entre ambos para uma futura renovação. A franchise tag também é uma opção para o camisa 10.

O que sabemos, é que das quatro opções para troca bombástica, a de Jimmy Garoppolo é a com menos chance de ocorrer.

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.