Vencedores das disputas no elenco dos Patriots

Há dois meses atrás, nós do Patriotas fizemos uma série de posts sobre as teóricas disputas no elenco por uma vaga no roster final dos Patriots. Vamos conferir agora quem foram os vencedores.

Vencedores das disputas no elenco dos Patriots

Running Backs:

Tyler Gaffney x D.J. Foster

Dois jovens talentos, ajudados pela lesão de Dion Lewis que foi parar na PUP List, fizeram uma disputa intensa por uma tão sonhada vaga. A lesão acabou sendo um fator determinante, porém, que ajudou ambos os lados. Foster não atuou nos dois primeiros jogos da pré-temporada, com isso, Gaffney conseguiu uma boa gordura na batalha. Contudo, no jogo contra os Giants, D.J. teve uma ótima partida, principalmente, recebendo passes vindo do backfield. Já Gaffney, sofreu uma lesão grave, e foi posto na Injured Reserve dos Patriots, deixando o espaço aberto para Foster.

Vencedor: D.J. Foster

Tight Ends:

Já com Rob Gronkowski e Martellus Bennett garantidos no elenco, a disputa ficou entre A.J. Derby e Clay Harbor. No papel, por ser mais experiente, Harbor começou a offseason com vantagem em cima de Derby, contudo, o segundoanista foi destaque na pré-temporada, sendo líder do time em recepções. Para não se desfazer de Harbor, e sua melhor qualidade em bloqueios, Belichick resolveu levar 4 TEs, assim como no ano passado, e isso acabou afetando nas batalhas dos wide receivers, que você vai ler agora.

Vencedores: A.J. Derby e Clay Harbor

Tight end A.J. Derby foi de desacreditado a integrante do elenco Patriota.

 

Wide Receivers:

No começo da offseason, para todos os analistas americanos e até para o próprio Bill Belichick, os WRs iriam promover a maior disputa do elenco. Com Edelman, Amendola, Hogan e Mitchell garantidos, Dobson, Martin, Lucien e Washington brigavam pela última vaga. No training camp, mais uma vez, Aaron Dobson foi o grande destaque, mostrando mais uma vez que é o famoso “leão” dos treinos. Só que na “hora do vamos ver”, nenhum recebedor conseguiu se destacar, e o favorito a vaga, Martin, acabou se lesionando e foi dispensado. Com isso, Bill resolveu não adicionar mais ninguém ao grupo.

Vencedor: Ninguém

Offensive Line:

No perímetro da linha, a situação já estava bem definida, com a lesão de Vollmer, abriu-se espaço para Fleming entrar. No interior da linha, a disputa era muito mais intensa, onde Jackson, Mason, Cooper, Karras, Kline, Stork e Andrews brigavam por 5 vagas. Jackson, escolha de 4°round ano passado, não conseguiu se recuperar de uma lesão ocorrida na temporada 2015 e foi posto na PUP List. Restando apenas uma vaga, quem acabou sobrando foi quem menos se esperava, o center Bryan Stork, que foi trocado para os Redskins, rejeitado nos exames físicos e depois cortado de novo por New England.

Vencedores: Kline, Cooper, Andrews, Karras e Mason

Defensive Line:

Em uma posição que o elenco já estava, teoricamente, definido, cortes surpresas deram uma mexida no óbvio. O DT Terrance Knighton, contratado na free agency deste ano, e o DE Geneo Grissom, draftado no terceiro round de 2015, deram adeus aos Patriots (o segundo voltou ao practice squad). Quem comemorou o corte surpresa, foi o DT Anthony Johnson, um dos destaques da pré-temporada, que conseguiu uma vaga no elenco. Já para o lugar de Grissom, os Pats resolveram não pôr ninguém, mas com jogadores de outras posições, que podem exercer a função de pass rusher, não deverá ser problema.

Vencedor: Anthony Johnson

Linebackers:

Hightower, Collins e McClellin já eram certos no roster. Com a renovação, Freeny também garantiu presença no grupo. Após enviarmos uma escolha de 5°round para os Browns, Mingo virou um nome garantido no time, sobrando assim, apenas uma vaga para Roberts, Grugier-Hill, Humber e Snyder. Pela ajuda nos special teams, Hill apareceu como nome mais forte pela vaga, porém, ele acabou ficando doente, e deu uma oportunidade para Roberts mostrar seu football, que foi suficiente para ser o último jogador no grupo dos linebackers para a disputa da temporada 2016.

Vencedor: Elandon Roberts

Cornerbacks:

Uma das brigas mais sadias da offseason, a 5ª vaga do grupo dos cornerbacks, que já contava com Butler, Ryan, Cyrus Jones e Coleman, foi mantida em suspense até o deadline day. Os UDFAs, Cre’Von LeBlanc e Jonathan Jones, disputaram contra o segundoanista Darryl Roberts até o último minuto. Com uma lesão no quadril, LeBlanc, que teve ótimos momentos na pré-temporada, com destaque para uma interceptação sensacional na endzone, foi o primeiro a deixar o páreo. Sobrando Jones e Roberts, o fator special teams e lesão falou mais alto, de novo. Com isso, mesmo não tendo sido draftado, Jones conseguiu a última vaga.

Vencedor: Jonathan Jones

Safeties:

Sem dúvidas, o setor de safeties, depois do de quarterbacks, era o mais definido para temporada dos Patriots. McCourty, Chung, Harmon e Richards, serão nossas “últimas” proteções na defesa. Ebner e King, irão compor o special teams, sendo eles dois dos três mais importantes da área. Quem poderia surpreender era Vinnie Sunseri, mas o rookie não fez atuações que merecessem uma vaga no elenco. Brock Vereen, nem a preseason jogou, sendo dispensado antes do início dela, assim como, Cedric Thompson.

Vencedor: Ninguém

Acompanhe o Patriotas no facebook!

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.