We’re on to Cleveland

Não tem como olhar para a atuação dos Patriots contra o Buffalo Bills e não relacioná-la com a derrota de 41 a 14 para o Kansas City Chiefs, no episódio conhecido como a catástrofe de Arrowhead. No momento, a frase era “We’re on to Cincinatti”, hoje é “We’re on to Cleveland.”

We’re on to Cleveland

Voltando no tempo, para quem não sabe, na semana 4 da temporada de 2014 da NFL, os Patriots foram simplesmente trucidados pelo Kansas City Chiefs, em uma das piores (senão a pior) atuação do time na era Bill Belichick.

Durante a coletiva pós-jogo, nosso head coach foi questionado sobre pôr Tom Brady no banco de reservas, e colocar Jimmy Garoppolo de titular. Pareceu meio absurda essa ideia, mas não foi para a mídia americana.

Ao longo da semana, o assunto nas mesas redondas foi o mesmo. Muitos analistas dos Estados Unidos queimaram a boca dizendo que Brady estava acabado e era o fim da dinastia dos Patriots.

Voltando para coletiva de Belichick, ele respondeu as perguntas do seu modo curto e grosso, e a frase da vez foi: We’re on to Cincinnati (próximo advesário). Ela foi uma simples forma de avisar que acordaram o gigante.

Ainda em 2014, os Patriots venceram 10 dos 12 jogos seguintes, e nos playoffs contaram com a maestria de Brady para conquistarem o quarto anel. De acabados, Brady e Belichick se consolidaram como os melhores da história.

Esta certo que em termos de ambiente, 2014 é completamente diferente de hoje. Porém, esses tipos de situações nos ajudam a refletir. Nenhum time ganha tudo sempre. Em sua maior parte, as equipes perdem mais do que ganham, e isso é o normal.

Nós torcedores dos Pats estamos muito mal-acostumados. Achamos que todo jogo temos que vencer por mais de 20 pontos e coisa do tipo. Não é assim que a banda toca. A NFL é a liga mais equilibrada do mundo, e não há dúvidas sobre isso.

Somos “abençoados” por torcer (de verdade) para um time que está sempre disputando playoffs. E quando ele não estiver mais no topo, continuaremos a torcer com a mesma intensidade.

A partida contra os Bills já se passou, somos líderes de divisão, quando muitos apontaram que não seríamos sem Tom Brady. Estamos em uma boa posição na AFC, e temos tudo para brigar pelo Super Bowl.

Além de Tom, Ninkovich está voltando. Gronkowski deverá estar mais recuperado da lesão, assim como Hightower. Ainda temos Dion Lewis, Tre’Jackson e talvez Sebastian Vollmer parar retornarem a partir da semana 7.

A temporada de 2016 está só começando. Domingo começará outro capítulo dela, com a volta do melhor da história. We’re on to Cleveland.

We're on to Cleveland
We’re on to Cleveland

Compartilhe esta matéria:

Share on facebook
Share on twitter

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

O Patriotas é um fã clube oficial no Brasil e reconhecido pelo New England Patriots nos Estados Unidos.

Site desenvolvido pela equipe Patriotas.